Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Serviço temporariamente em manutenção.
Acompanhe a programação da TVAL pelo Youtube.


Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
04/08/2021 - 14h49min

Paulinha alerta sociedade para riscos da exploração de petróleo no litoral de SC

Imprimir Enviar
Deputada Paulinha

Depois do vídeo, em que faz um alerta de que Santa Catarina tem até outubro para salvar o seu litoral catarinense da exploração de petróleo e gás, a deputada Paulinha (sem partido) priorizou em suas redes sociais postagens com mensagens impactantes que buscam justamente acionar o engajamento da sociedade nessa causa ambiental abraçada fortemente por ela.  

Nesta quinta-feira (5), às 14h, os impactos da extração de petróleo para o litoral catarinense serão discutidos na audiência pública proposta pela deputada Paulinha, que é coordenadora da Frente Parlamentar Ambientalista.
 
“Vinte e nove municípios serão fortemente atingidos com a extração de petróleo em nosso Estado. Santa Catarina não foi ouvida quando aconteceu a decisão arbitrária da ANP. Queremos que o nosso Estado seja escutado. Queremos que a ANP apresente estudos preliminares a respeito do que pode representar para a pesca e o turismo catarinense, se caso essa exploração de petróleo se tornar realidade”, comentou.  
   
Outra informação surpreendente revelada pelo Instituto Internacional Arayara é que Santa Catarina pode perder 300 mil empregos na cadeia produtiva da pesca caso seja instalada a logística para exploração de petróleo e gás natural no litoral catarinense.

A pesquisa será divulgada na audiência pública desta quinta-feira (5). Vale destacar que essa audiência pública será transmitida exclusivamente por videoconferência, com transmissão ao vivo pela TVAL,  pelo youtube.com/assembleiasc  e pelas redes sociais da deputada Paulinha endereço  @deputadapaulinha. 

“Além da perda de empregos, haverá também uma sensível redução na arrecadação de impostos e no consumo de proteína animal por parte dos catarinenses”, observa o engenheiro Juliano Bueno de Araújo, diretor-técnico do Observatório do Petróleo e Gás e do Instituto Arayara e coordenador da pesquisa.

“O impacto negativo da atividade petrolífera sobre as espécies de peixes, em especial a tainha, que pode ser afetada pela exploração do petróleo e do gás natural, além de serem enormes os riscos de acontecerem micros, pequenos, médios e grandes vazamentos de óleo”, completou Bueno, que falará na audiência, a ser transmitida pelos canais online da Alesc.

A 17ª Rodada de Licitação de blocos marítimos para exploração de petróleo e gás natural, a ser realizada pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), autarquia pertencente ao Ministério de Minas e Energia, está prevista para acontecer em 7 de outubro.

 

Valquiria Guimarães
Assessoria de Comunicação
Deputada Paulinha
048 991047676

Acompanhe Paulinha


Paulinha
Voltar