Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
11:30
Ouvir
11:25 Programação Musical

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
28/09/2013 - 11h13min

Marcelo Tas lota Assembleia Legislativa com palestra sobre redes sociais

Imprimir Enviar
Jornalista e apresentador foi o palestrante da quarta edição do Encontros com a Assembleia. FOTOS: Carlos Kilian/Agência AL

O jornalista e apresentador Marcelo Tas lotou as dependências do Auditório Antonieta de Barros, na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, na noite desta sexta-feira (27), para a palestra da quarta edição do programa Encontros com a Assembleia. Durante aproximadamente 90 minutos, ele falou sobre a maneira como as redes sociais, como Twitter, Facebook e Instagram, interferem na vida das pessoas, no poder público e na iniciativa privada. “Esse é um assunto que afeta mesmo aquelas pessoas que não fazem a mínima ideia do que seja rede social”, ressaltou.

De forma bem humorada, Tas fez um retrospecto da evolução da tecnologia da informação e como isso foi impondo mudanças no nosso modo de vida. Mostrou, também, como o conceito de rede foi modificado com essa evolução. Como exemplo, citou o papel da televisão. “Antes as pessoas viam na televisão e repercutiam o que assistiam, num tipo de rede. Hoje isso tem acontecido bem menos.  A TV, inclusive, vem sendo influenciada por aquilo que ocorre nas redes sociais e, se ela bobear, poderá ficar falando sozinha”.

As mudanças não se restringem aos meios de comunicação. A sala de aula também foi afetada. Nas classes de antigamente, os alunos apenas copiavam e memorizavam o conteúdo que vinha de um único provedor de conhecimento – o professor. Nos dias atuais, há múltiplos provedores desse conhecimento. Da mesma forma, as redes sociais permitem que as pessoas se manifestem, opinem, contestem e sejam ouvidas, algo praticamente impossível há alguns anos.

O potencial de crescimento da internet banda larga e dos smartphones apenas consolidará esse processo que, na avaliação de Tas, é irreversível. Nesse aspecto, a transparência passa a ser um fator essencial para a sobrevivência nas redes, pois hoje é possível desmentir ou contrapor aquilo que é informado de forma errônea ou manipulada. “Não se trata de uma mudança na tecnologia, no hardware. É uma mudança interna, dentro de cada um de nós”, considerou.

Opiniões
Além de acompanhar presencialmente, o público pode assistir à palestra de Marcelo Tas pela TVAL, que transmitiu o evento ao vivo, e por um telão montado no hall do Palácio Barriga Verde, sede de Assembleia Legislativa. A procura foi tão grande que derrubou o site da Assembleia por algumas horas, na noite desta sexta.

Entre os presentes, admiradores do apresentador do CQC (Rede Bandeirantes) e do ator, que interpretou personagens infantis nas décadas de 80 e 90, como o Professor Tibúrcio do programa Rá-Tim-Bum, da TV Cultura de São Paulo. “Ele marcou a minha infância e hoje acompanho a política por causa dele e do CQC”, afirmou a estudante Nathália Prudente.

A professora Ana Bárbara Mendonça Dias, da Anhanguera Educacional de São José, viu na palestra uma oportunidade de oferecer uma atividade diferente para seus alunos. “A aula que eu daria nesta sexta está acontecendo aqui. Assim que abriram as inscrições, avisei todos os meus alunos pelo Facebook para que se inscrevessem”, comentou. Ao todo, 26 estudantes da turma puderam assistir à palestra.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Joares Ponticelli (PP), elogiou a palestra e a participação do público. "Foi uma oportunidade de aprendizado, com um especialista que sabe como poucos lidar com essas novas formas de comunicação. Novamente as vagas foram preenchidas em tempo recorde. Isso mostra que o programa Encontros com a Assembleia está atingindo seu principal objetivo, que é aproximar as pessoas do Parlamento", afirmou. 

Marcelo Espinoza
Agência AL

Voltar