Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
22:30 TVAL Notícias
Ao vivo

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
02/04/2019 - 17h09min

Diante da falta de perfil dos autistas Ada de Luca faz indicação ao governo

Imprimir Enviar
Deputada Ada de Luca
FOTO: Rodolfo Espínola/Agência AL

No dia Mundial da Conscientização do Autismo a deputada Ada de Luca (MDB) apresentou a indicação 404/2019 ao governo do Estado, Secretaria de Estado da Saúde e Fundação Catarinense de Educação Especial, solicitando que seja realizado o censo quadrienal de pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e de seus familiares. 

Uma a cada 110 pessoas no mundo é diagnosticada com o Transtorno do Espectro Autista (TEA), segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), órgão ligado ao governo dos Estados Unidos. Com base neste levantamento, a estimativa é que o Brasil possua cerca de 2 milhões de autistas.

“Inclusão e educação são assuntos que têm que ser debatidos por quem cria políticas públicas aos portadores do Transtorno do Espectro Autista, mas os números não podem ser abstratos”, afirmou a deputada.

O Censo visa cadastrar as pessoas e seus familiares mapeando o perfil socioeconomico-étnico-cultural de cada um, para que sejam direcionadas políticas públicas de saúde, educação, trabalho e lazer a esse segmento social.

Através desse cadastro o Estado poderá saber os tipos e graus que a pessoa com o transtorno foi acometida. Além disso, profissionais da área da saúde, assistência social e educação poderão ser qualificados melhorando o atendimento e a vida dessas pessoas.

Visto que as políticas públicas voltadas a esse público são quase inexistentes, é de suma importância ter dados numéricos precisos para o tratamento e inclusão dos autistas na vida em sociedade.

“Eu realmente acredito que através desse censo a gente possa melhorar a vida dessas pessoas. Criar grupos de atendimentos oferecidos pelo estado em todos os municípios, esclarecer como a doença funciona, como ela vai ser tratada”. concluiu a parlamentar.
 

Cláudia Búrigo de Menezes
Assessora de Imprensa
Deputada Ada Faraco De Luca
https://www.facebook.com/deputadaada/
https://www.instagram.com/adafaracodeluca/

Acompanhe Ada Faraco de Luca


Ada Faraco de Luca
Voltar