Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
25/03/2013 - 23h28min

Proerd chega aos 15 anos com quase 1 milhão de estudantes atendidos

Imprimir Enviar
Programa da PM catarinense recebeu homenagem da Assembleia. FOTO: Carlos Kilian/Agência AL

O Poder Legislativo homenageou, em sessão especial realizada na noite desta segunda-feira (25), os 15 anos do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd), da Polícia Militar barriga-verde. Nesses 15 anos, mais de 950 mil alunos da 5ª série das escolas públicas e privadas de todo estado frequentaram os cursos de prevenção contra o uso e o tráfico de drogas.
 
Para o presidente do Fórum Parlamentar de Combate e Prevenção às Drogas e proponente da sessão especial, deputado Ismael dos Santos (PSD), o Proerd é um “programa exuberante”. De acordo com o parlamentar, entre prevenção, repressão e reabilitação, a primeira é “a pérola de maior valor”. Ismael lembrou que o estado possui cerca de 50 mil usuários de crack e que somente a prevenção pode reduzir o número de dependentes.
 
O subtenente Cláudio Wolff, instrutor pioneiro do Proerd, ressaltou a luta travada ao longo desses anos. “Iniciamos as atividades em Lages, em 1998, com três policiais. Hoje somos 300 PMs instrutores, temos o reconhecimento da comunidade e o apoio do Comando”. Para o instrutor, o estudante que passa pelo programa sabe dizer não às eventuais ofertas, e se se envolver com drogas, ainda na fase da experimentação, terá mais condições do que aquele que não frequentou o curso de parar a tempo. “É o melhor programa de prevenção do país e muitos estados inspiram-se na experiência catarinense”, explicou Wolff.
 
De acordo com o secretário de Segurança Pública, César Grubba, o fato do Proerd ser apresentado nas escolas por um agente do estado, fardado, armado com recursos pedagógicos, “cria na criança a salutar diferenciação entre o bem e o mal, a lei e a desordem, a polícia e o bandido”. Para o coronel Valdemir Cabral, o Proerd é “essencialmente preventivo e seu objetivo é evitar que as crianças em fase escolar iniciem o uso de drogas”.
 
Na oportunidade foram homenageados o Comandante Geral da Polícia Militar em exercício, coronel Valdemir Cabral, o coronel Bernardino Carlos Franco Mota, coronel Claudio José Barros, capitão Jailson Aurélio Franzen, capitão Otávio Manoel Ferreira Filho, subtenente Claudio Fernando Wolff e o 1º Sargento Alcione Donisete Mota.
 
Prestigiaram a sessão policiais militares da ativa e da reserva, o deputado Sargento Amauri Soares (PDT), o promotor Marcelo Wegner, o Chefe do Estado Maior da PM, João Amorim, além de cidadãos florianopolitanos simpatizantes do Proerd.
 
Uma comissão permanente contra as drogas 
Joares Ponticelli (PP), presidente do Legislativo, reconheceu “a obsessão do deputado Ismael à causa do combate às drogas” e anunciou para os próximos dias a criação de uma comissão permanente focada no combate às drogas, bem como a execução de um conjunto de ações sob a coordenação do deputado Ismael. Joares informou que várias entidades já manifestaram o desejo de juntar forças com o Legislativo, entre elas a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc).

Vítor Santos
Agência AL

Voltar