Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
21:15 Memória da Imprensa
Ao vivo

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
11/03/2009 - 12h43min

Parlamentar alerta população sobre risco de doença crônica

Imprimir Enviar
Deputado Jaílson Lima da Silva (PT)
Ao trazer alguns números da saúde no Brasil e em Santa Catarina, especialmente de pacientes que precisam de hemodiálise, o deputado Jailson Lima (PT) alertou a população a buscar uma melhor qualidade de vida para evitar doenças crônicas no futuro. Entretanto, frisou que a falta de investimentos e equipamentos novos, com maior precisão, prejudica a vida de pacientes e seus familiares. “Faço um apelo para que as pessoas façam exames periódicos e exercícios físicos regularmente”, disse o parlamentar no Dia Mundial do Rim, comemorado hoje (12). Dados da Sociedade Brasileira de Nefrologia apontam que a doença renal crônica atinge, atualmente, 12 milhões de brasileiros. Entre eles, 87 mil dependem de hemodiálise para sobreviver. O procedimento filtra o sangue e retira dele algumas substâncias, como a ureia, potássio sódio e água, que, quando em excesso, trazem prejuízos ao organismo. Colaborando com seu colega de Parlamento com informações a respeito da doença, o deputado Serafim Venzon (PSDB) disse que se os hospitais públicos se utilizassem de videolaparoscopia as cirurgias renais seriam menos invasivas. Ele solicitou à Secretaria Estadual da Saúde que instale aparelhos para esse procedimento e ressaltou: “O Estado não pode ficar atrás da iniciativa privada”, fazendo uma relação entre o atendimento público e privado. Segundo o deputado tucano, na rede privada de saúde os pacientes têm à sua disposição os aparelhos para videolaparoscopia sempre que precisam. (Andreza de Souza/Divulgação Alesc)
Voltar