Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
17:00 Santa Inovação
Ao vivo

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
08/10/2019 - 07h44min

Alesc homenageia os 50 anos do Conselho Regional de Medicina Veterinária

Imprimir Enviar
Solenidade homenageou 50 anos do CRMV e pessoas com relevantes serviços prestados à atividade
FOTO: Fábio Queiroz/Agência AL

Sessão especial da Assembleia Legislativa, na noite de segunda-feira (7), homenageou o Conselho Regional de Medicina Veterinária de Santa Catarina (CRMV-SC) pelos 50 anos de fundação da entidade. Na solenidade, proposta pelo deputado José Milton Scheffer (PP), além do conselho, 14 pessoas com relevantes serviços prestados à atividade no estado também foram homenageadas pelo Parlamento.

Para o deputado, a homenagem do Legislativo catarinense significa o reconhecimento para o conselho que regulamenta duas atividades importantes: a medicina veterinária e a zootecnia, principalmente em função do status sanitário mundial de Santa Catarina, de estado livre de febre aftosa sem vacinação. “Nós devemos muito isso à profissão de médico veterinário, ao zootecnista, mas, acima de tudo, a esse conselho, que ao longo dos 50 anos regulamentou, fiscalizou o exercício ilegal da profissão”, disse Scheffer.

O parlamentar lembrou que Santa Catarina tem 30% de seu produto interno bruto relacionado a atividades agropecuárias e que as duas profissões estão diretamente ligadas à agropecuária. “Por isso é justo esse reconhecimento da homenagem a diversos profissionais que, ao longo destes 50 anos, prestaram importantes serviços não só ao conselho, mas à sociedade catarinense”, ressaltou.

O presidente do CRMV-SC, Marcos Vinícius de Oliveira Neves, agradeceu à Assembleia pela homenagem e destacou que a defesa das prerrogativas dos profissionais e das duas profissões é também uma defesa da sociedade. “O conselho zela pelo bom exercício profissional em prol de uma sociedade mais justa”, declarou.

Em seu discurso, o presidente traçou um histórico destes 50 anos da entidade, classificando de “gigantesca” a evolução do conselho. “Partimos de menos de 100 profissionais para mais de 7 mil. Estamos sediados num prédio onde ocupamos dois andares, mais de 800 metros quadrados, quase 40 funcionários, delegacias em seis municípios em todas as regiões”, enumerou Neves. “Então o conselho cresceu fortemente. É uma evolução muito grande do trabalho do Conselho Regional de Medicina Veterinária”, completou.

50 anos de profissão
O médico veterinário João Vargas Montardo – orador que falou em nome dos homenageados – tinha mais de um motivo para celebrar a noite desta segunda-feira. Além dos 50 anos do CMRV-SC, entidade que já foi presidida por ele, Montardo também comemora em 2019 seus 50 anos de profissão. “Quando eu estava me formando, foi implantado o sistema conselho federal e conselhos regionais”, lembrou.

Para falar de sua emoção neste momento, Montardo lembrou o tamanho da estrutura do conselho quando ele era presidente. “Eu fui o quarto ou quinto presidente, então acompanhei a trajetória. Quando eu presidi, nós tínhamos uma salinha e dois funcionários. Hoje temos muito mais funcionários, um prédio de dois andares”, comparou.

Montardo também destacou o status catarinense de estado livre de febre aftosa sem vacinação e o papel dos veterinários e zootecnistas neste trabalho. “Foi uma fase muito difícil o início desta campanha. Colegas apanhavam dos colonos e tinham que requisitar polícia para poder exercer sua função. Mas saímos vitoriosos e hoje a febre aftosa está erradicada”, destacou.

O presidente do Conselho Federal de Medicina Veterinária, Francisco de Almeida, também destacou a importância do conselho catarinense na tarefa de erradicar a aftosa no estado. “Isso é um trabalho da medicina veterinária. O conselho regional participou desse evento muito significativamente”, afirmou.

Almeida, que já presidiu o CRMV paulista por nove anos e comanda o conselho federal desde novembro de 2017, disse estar contente de visitar Santa Catarina para esta celebração. “É uma alegria muito grande retornar a esse estado neste momento importante em que se comemoram os 50 anos de criação do Conselho e da lei 5.517, que instituiu os conselhos federal e regionais no Brasil”, finalizou.

Marcelo Santos
Agência AL

Voltar