Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
04/05/2018 - 09h48min

SC envia mais de 16 toneladas de produtos para Feira da Reforma Agrária

Imprimir Enviar

FOTO: Karina Ferreira/Agência AL

A 3ª Feira Nacional da Reforma Agrária, organizada pelo MST e que acontece de 3 a 6 de maio, no Parque da Água Branca, região central de São Paulo (SP), terá mais de 16 toneladas de produtos catarinenses, entre as mais de 350 toneladas que serão comercializadas no evento.

O deputado Padre Pedro Baldissera apresentou números da Feira, na manhã desta quinta-feira (3), na Assembleia Legislativa, e destacou os resultados expressivos da reforma agrária no Estado.

“Os números da Feira são expressivos e a participação catarinense vai além da quantidade de produtos. Cerca de 70% da produção de SC que estará na Feira é agroecológica. Mostra a organização do movimento que muitas vezes é colocado numa situação de criminalização. E se houve pouco reconhecimento do seu trabalho, essas famílias mostram na prática a viabilidade e o sucesso da reforma agrária”, afirmou o parlamentar.

A Feira reúne a produção de agricultoras e agricultores de todo do Brasil. Cerca de 900 pessoas trabalham na organização e no atendimento aos visitantes, que em 2017 superaram a marca de 180 mil. A expectativa para 2018 é chegar a 250 mil pessoas.

“No ano passado toda produção foi comercializada, o que gerou renda a milhares de famílias e garantiu alimento barato e de qualidade para a população”, complementou Padre Pedro.
Seminários, cultura e gastronomia regional.

Além da feira de produtos da reforma agrária, a programação inclui seminários sobre diversos temas, entre os quais processos de comercialização na agricultura familiar e camponesa, agroecologia e o problema dos agrotóxicos no País e no mundo. A agenda cultural terá apresentações de artistas do MST e personalidades como Ana Cañas, que faz show no sábado. A bateria da Escola de Samba Paraíso do Tuiutí fecha a programação no domingo.

No espaço Culinária da Terra, que oferece pratos típicos das diferentes regiões, Santa Catarina serve o tradicional entrevero catarinense, neste ano também com versão vegana. Também estão programadas feiras de sementes, artesanato e espaço literário, além de atividades de formação político-cultural, conferências e outros eventos internos.

Acompanhe Padre Pedro Baldissera


Padre Pedro Baldissera
Voltar