Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Acompanhe a programação pelo Youtube.


Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
28/05/2014 - 18h16min

Deputados destacam negociações para investimento no Sul de SC

Imprimir Enviar
Joares Ponticelli (PP) e Padre Pedro Baldissera (PT), durante a sessão desta quarta (28). FOTO: Eduardo Guedes de Oliveira/Agência AL

Representantes do Sul de Santa Catarina comemoraram, durante a sessão ordinária da tarde desta quarta-feira (28), a iminente instalação de uma multinacional na região que utilizará o carvão mineral para a produção de fertilizantes, investimento estimado em 2,7 bilhões de dólares. Dois deputados sulistas, Valmir Comin (PP) e Joares Ponticelli (PP), presidente em exercício da Asembleia, acompanharam a comitiva do governo estadual que tratou do assunto, em uma reunião em Nova Iorque (EUA), na última segunda-feira (26).

Comin, que defende o uso do carvão para a geração de energia elétrica, afirmou que o investimento, se confirmado, será a redenção do Sul do estado. O assunto voltará a ser tratado em uma reunião com a presidente Dilma Rousseff (PT), no próximo dia 5. "É algo que vai beneficiar todo o estado e o país, pois teremos maior oferta de fertilizantes para a nossa agricultura", disse o deputado, que cobrou segurança jurídica, do ponto de vista ambiental, para a concretização do investimento.

Ada Faraco de Luca (PMDB) destacou que o Sul de Santa Catarina tem 3 bilhões de toneladas de carvão a serem explorados. Uma vez instalada, a empresa gerará 400 empregos diretos e 600 indiretos. "Estamos todos na luta por esse investimento. Esperamos que o saldo da reunião com a presidente Dilma seja positivo e que esse investimento seja viabilizado o quanto antes".

Para Joares Ponticelli, Santa Catarina vive um momento importante. "É uma grande oportunidade para o Sul. Temos a necessidade de produzir cada vez mais fertilizantes, para nos transformarmos no celeiro do mundo", disse. Segundo o presidente, a produção catarinense reduziria em 10% as importações de fertilizante, barateando o custo dos alimentos brasileiros.

Pesca e agricultura
O deputado Dirceu Dresch (PT), presidente da Comissão de Pesca e Aquicultura, comprometeu-se a auxiliar os pescadores artesanais na luta pela liberação da pesca da tainha com equipamentos que foram proibidos pelo Ministério do Meio Ambiente. A federação dos pescadores conseguiu na justiça liminar que suspendeu por dez dias essas restrições. "Vamos nesse período buscar uma negociação com os ministérios da Pesca e do Meio Ambiente para resolver essa questão", disse.

Dresch também destacou o lançamento, na última segunda-feira (27), do Plano Safra para a agricultura e pecuária. Segundo ele, serão destinados R$ 24 bilhões em investimentos, que vão beneficiar principalmente a agricultura familiar, tão importante para a economia catarinense. Dresch citou, ainda, outros programas desenvolvidos pelo governo federal na área, como o Programa Nacional de Agroecologia, o Pronaf Jovem e a criação da Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural. "Seria importante que o governo estadual também criasse o seu Plano Safra, como já ocorre em outros estados", cobrou.

Drogas
Ao comentar o caso de um menino de cinco anos que levou de presente para a professora uma porção de maconha, o deputado Nilson Gonçalves (PSDB) defendeu a necessidade de um enfrentamento maior das drogas nas escolas. Para o parlamentar, o assunto deveria constar no currículo escolar, com aulas diárias que mostrassem aos estudantes o estrago provocado pelos entorpecentes.

"O menino levou a droga para a professora para fazer o agrado a ela, porque viu que uma tia usava todos os dias a maconha e gostava. Ele entendeu que a professora também poderia gostar", comentou o deputado. "As drogas são o nosso maior problema na atualidade, está acanbando com o futuro de uma geração. Isso precisa ser falado diariamente em sala de aula".

Obra importante em Balneário Camboriú
O deputado Maurício Eskudlark (PSD) repercutiu o início, nesta semana, das obras do novo Centro de Eventos de Balneário Camboriú. A obra, que custará R$ 75 milhões, sendo R$ 55 milhões do governo federal e R$ 20 milhões do estado, teve início com a demolição do antigo centro de eventos da Santur, considerado insuficiente para a demanda atual.

"Essa é uma obra que vai trazer benefícios para toda a região", disse. "Balneário Camboriú é a cidade polo do turismo em nosso estado e merece essa obra, que vai nos colocar como referência nacional, polo para eventos nacionais".

O parlamentar também elogiou o trabalho da nova superintendência estadual do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). "O Vissilar [Pretto, novo superintendente] e sua equipe têm na mão todas as obras que estão acontecendo no estado e sabem o que tem que ser resolvido. Isso nos deixa bastante animados", disse Eskudlark, destacando a ampliação da BR-163, no Extremo Oeste.

Bombeiros Voluntários
Neodi Saretta, líder do PT, defendeu da tribuna a atuação dos bombeiros militares em Santa Catarina. Segundo ele, apesar dos esforços do Parlamento em dar respaldo legal ao trabalho dessas corporações, "continua enfrentando, nos campos administrativo e burocrático, impedimentos para atuar dentro dentro dos municípios em que estão instalados". O deputado participou nesta quarta de uma reunião sobre o assunto no Ministério Público Estadual.

"Por omissão do estado, muitos municípios não tem bombeiros militares. Temos garantir que os voluntários possam trabalhar com tranquilidade nas cidades onde atual e que os millitares possam fazer o esforço de se instalar naquelas 171 cidades onde não há nenhum tipo de bombeiro".

Eni Voltolini (PP), em aparte, também chamou a atenção para a questão. Ele pediu que a bancada federal de Santa Catarina esteja atenta a matérias que tratam do assunto e que estão em tramitação no Congresso Nacional.

Parajasc
A deputada Angela Albino (PCdoB) convidou os parlamentares para a sessão especial em homenagem aos 10 anos do Parajasc, os Jogos Abertos Paralímpicos de Santa Catarina, que será realizada no próximo dia 3, no Palácio Barriga Verde. Angela destacou a importância da competição, já consagrada no calendário esportivo catarinense.

"Essa iniciativa teve ampla participação dos servidores da Fesporte para sua criação", disse. "O Parajasc mostra como o esporte pode transformar a vida de uma pessoa que nasce ou adquire uma restrição física ou intelectual".

Casas lotéricas
Ao destacar a importância das casas lotéricas, o deputado Darci de Matos (PSD) registrou a comemoração do Dia do Empresário Lotérico, na última segunda-feira (26). Segundo o parlamentar, só no estado, são 480 casas lotéricas, que geral quase 5 mil empregos diretos.

Darci afirmou que esses estabelecimentos desempenham um importante papel social, pois estão instalados em bairros e comunidades onde geralmente não há agências bancárias e se caracterizam por atender maciçamente a população mais carente, com o pagamento de benefícios sociais, além de operações bancárias. No entanto, para o deputado, essa categoria não tem o reconhecimento da Caixa Econômica Federal, responsável pelo setor.

"As lotéricas precisam de mais segurança, mas nós não podemos atribuir a elas essa incumbência. Isso é responsabilidade da Caixa, que não tem dado a devida atenção aos lotéricos, microempresários que geram empregos, aquecem a nossa economia e desempenham um papel que os bancos não fazem", disse.

Os deputados Nilson Gonçalves (PSDB), Valmir Comin (PP) e Antonio Aguiar (PMDB) parabenizaram Darci pelo pronunciamento e se colocaram à disposição dos empresários lotéricos.

Qualidade de vida
Serafim Venzon (PSDB) utilizou a tribuna para saudar os catarinenses que se dedicam pela melhoria na qualidade de vida da população. Ele citou o exemplo de dona Téo, funcionária do Serviço Nacional de Emprego (Sine) de Balneário Camboriú, que, segundo o parlamentar, encaminha várias pessoas, diariamente, para uma oportunidade melhor de vida.

"Santa Catarina é um estado que se destaca que sua qualidade de vida, pela socialização da renda. Tudo isso é decorrente de um conjunto de ações, que passa pelo empenho de cada catarinense, pelo empreendedorismo de nossa gente", disse Venzon. "Uma prova disso é o crescimento da nossa economia, acima da média nacional. Isso se deve também à atividade política, à ação do governador, à capacidade de planejamento do atual governo".

Venzon também destacou artigo do senador Aécio Neves (PSDB-MG), pré-candidato à Presidência da República, publicado nesta semana, no jornal "Folha de S. Paulo". No artigo, o senador, em tom crítico ao governo federal, destaca o compromisso do seu partido com a erradicação da miséria, mediante a manutenção do programa Bolsa Família, e a melhoria das condições da saúde, educação e moradia.

Marcelo Espinoza
Agência AL

Voltar