Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Acompanhe a programação pelo Youtube.


Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
20/05/2022 - 21h00min

Ana Campagnolo lança o livro “Ensino Domiciliar na Política e no Direito”

Imprimir Enviar
Obra que tem a deputada como coautora foi lançada na noite desta sexta (20), na Alesc
FOTO: Vicente Schmitt/Agência AL

A deputada Ana Campagnolo (PL), na mesma semana que a Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei (PL) 3.179/2012, que regulamenta a prática da educação domiciliar no Brasil, também conhecida como homeschooling, lançou, na noite desta sexta-feira (20), na Assembleia Legislativa de Santa Catarina, o livro: “Ensino Domiciliar na Política e no Direito.” Segunda a autora, a obra é considerada mais um reforço aos adeptos e simpatizantes da modalidade de um tema cada vez mais recorrente, refutando as falácias mais comuns e desnudando as agendas por trás da falência educacional no Brasil.

Publicado pela editora Estudos Nacionais, o livro conta com três autores: Ana Caroline Campagnolo, David Rossler Amato e Isadora Palanca. A obra é dividida em dois eixos. No primeiro a deputada e David Amato, que é assessor e consultor parlamentar para inteligência legislativa e metapolítica e graduando em Segurança Pública, comentam sobre o debate político acerca do homeschooling por meio da experiência de bastidores e da atuação oficial de uma deputada. Eles reuniram os argumentos mais comuns contra a educação domiciliar e explicam por que são infundados.

Já na segunda parte do livro, a bacharel em direito Isadora Palanca apresenta informações, leis e princípios jurídicos para subsidiar juristas, legisladores, famílias e demais interessados na defesa da regulamentação do ensino domiciliar no Brasil, para que haja liberdade e segurança jurídica.

Participou do lançamento, falando de sua experiência e de seus cursos on-line de ensino domiciliar, a mãe educadora Bruna Botelho, que tem cinco filhos. Nas redes sociais, com o codinome “Mamãe Por Vocação”, possui mais de 93 mil seguidores e mais de 4 mil em seu programa de educação infantil.

A deputada Ana explica que no livro estão como exemplos os debates sobre a pauta que aconteceram em Santa Catarina, quando foi aprovada pela Assembleia Legislativa o PL sobre homeschooling e sua lei sancionada pelo governador, que acabou sendo suspensa pelo Tribunal de Justiça. Ela destaca que Santa Catarina foi um dos primeiros estados a aprovar a lei e que agora as famílias que já praticam o homeschooling estão torcendo para que o Senado aprove a legislação.

“Recolhemos os pronunciamentos a favor e contra o homeschooling e aqueles que são os argumentos mais repetitivos deste tema, nós analisamos e apresentamos contra-argumentos para cada um deles. Por exemplo, o argumento de que uma criança neste sistema não tem socialização, nós rebatemos. Disseram que os pais não têm formação adequada e que só escola pode formar um cidadão pleno e democrático, nós mostramos como as escolas têm caído cada vez mais e mostramos como o ensino domiciliar é a solução para isso.”

A educadora Bruna Botelho, que ministra cursos de educação on-line e sobre homeschooling, destacou a importância do lançamento do livro que debate a questão política e de direito sobre o ensino domiciliar. “Essa obra é muito importante, vem a somar, explicar, esclarecer muitos pontos sobre o ensino domiciliar, tanto no direito como na política, é uma forma de dar voz às famílias que em muitos debates não são ouvidas, que a deputada Ana apresenta na obra. É importante que ela apresenta o que é de fato o ensino domiciliar e não aquilo que as pessoas imaginam o que seja.”

Outras obras
Esse é o terceiro livro lançado pela parlamentar catarinense. Em 2019, ela já havia lançado o seu primeiro livro, “Feminismo: Perversão e Subversão”, que ultrapassou a marca de 50 mil cópias vendidas em todo o Brasil. Nela, Ana revê a trajetória do feminismo, confrontando as alegadas motivações e supostas conquistas do movimento com suas reais consequências na história cultural do Ocidente e, em especial, do Brasil.

Em 2021, a deputada lançou o seu segundo livro: “Guia de Bolso Contra Mentiras Feministas”. A obra é uma versão compacta que reúne 15 artigos, parte deles escritos por coautores especialistas em temas diversos, e mostram diferentes perspectivas, a partir de suas respectivas áreas, sobre a influência do feminismo na sociedade.

Sobre a autora
Graduada em história, pós-graduada em literatura portuguesa e professora da rede pública e privada desde 2009, Ana Campagnolo está em seu primeiro mandato na Alesc. Em outubro de 2018, foi eleita deputada estadual com mais de 34 mil votos. Palestrante e militante da causa pró-vida e do movimento Escola Sem Partido, atualmente comanda o Clube Campagnolo e o Clube Antifeminista, com mais de 10 mil alunos inscritos.

Informações Técnicas
Número de Páginas: 140
Editora: Estudos Nacionais
Idioma: Português
Preço: R$ 35,00
Venda: Livrarias on-line e na Livraria Campagnolo

Ney Bueno
Agência AL

Voltar