Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Serviço temporariamente em manutenção.
Acompanhe a programação da TVAL pelo Youtube.


Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
27/03/2015 - 12h54min

Audiência em Gaspar analisa implantação de contorno viário

Imprimir Enviar
Deputado João Amin na audiência pública realizada na Câmara de Vereadores de Gaspar

Na condição de presidente da Comissão de Transportes e  Desenvolvimento Urbano da Assembleia Legislativa, o deputado João Amin (PP) participou na tarde de ontem (26) de audiência pública para tratar da implantação do Contorno Viário de Gaspar. O encontro foi uma iniciativa da vereadora Andreia Zimmermann Nagel (DEM), coordenadora da comissão municipal criada para acompanhar o projeto.
O projeto do Contorno Viário de Gaspar foi concluído em agosto de 2014 pela empresa Iguatemi, de Florianópolis, contratada pelo Deinfra. O valor para execução é estimado em R$ 300 milhões, sem contar possíveis desapropriações. O projeto prevê um trajeto de 21 quilômetros entre a rodovia Jorge Lacerda, no local em que está sendo construída a Ponte do Vale, e a saída da Malwee, próximo ao limite com Blumenau. São previstos ainda sete viadutos e oito pontes.
Na tarde de ontem  foi realizada uma apresentação pelo engenheiro Cleverton João Batista, da Secretaria Regional de Desenvolvimento de Blumenau. Entre prós e contras foram abordados pontos como o alto orçamento e o traçado, questionado por pessoas como o vereador de Blumenau, Vanderlei de Oliveira, que sugeriu que a saída fosse no trevo do Sesi, e não perto da Malwee, e pelo ex-vereador gasparense Raul Schiller, que criticou o risco de alagamentos no trecho da localidade Águas Negras.
Segundo o deputado João Amin, "não há dúvida quanto a importância da obra para a região e a necessidade de se avançar nas tratativas, mas é preciso levar em consideração algumas condicionantes e, principalmente, a deficiência de recursos do governo do estado para cobrir um projeto de tão alto custo".
Ao fim do encontro foi definido o seguinte encaminhamento: agendamento de reunião com a empresa responsável para análise da possibilidade de se executar o projeto em fases distintas, bem como um estudo para uma possível redução de custo na obra. Já a comissão regional deverá pedir audiência com o governador Raimundo Colombo para tratar da liberação de recursos.
Participaram da audiência pública, além do presidente da Comissão de Transportes, os deputados Jean Kuhlmann (PSD), Serafim Venzon (PSDB), Aldo Schneider (PMDB) e Narcizo Parisotto (DEM).

Acompanhe João Amin


João Amin
Voltar