Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Acompanhe a programação pelo Youtube.


Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
06/11/2019 - 11h15min

Assinada ordem de serviço da duplicação do Eixo Industrial de Joinville

Obras devem começar nas próximas semanas partindo do acesso à BR-101
Imprimir Enviar
FOTO: Geovanni Schroder (Galo)/Divulgação

Uma antiga e importante reinvindicação dos joinvilenses começa a ser atendida pelo governo do Estado de Santa Catarina. Depois de muita articulação política o apelo da classe empresarial para a duplicação do Eixo Industrial de Joinville, passando pelas ruas Hans Dieter Schmidt e Edgar Meister, vai começar a virar realidade. A ordem de serviço para o início das obras foi assinada na tarde desta terça-feira (5), na Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, em Florianópolis. Os trabalhos começam nas próximas semanas.

Um dos grandes articuladores do processo de duplicação, o deputado estadual Fernando Krelling (MDB), participou da assinatura da ordem de serviço. Ele enfatizou ao secretário da pasta, Carlos Hassler, a importância da revitalização da rodovia por onde passa grande parte do PIB (Produto Interno Bruto) do Estado de Santa Catarina.

“Primeiro discurso que tive como deputado estadual da Alesc (Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina) foi no sentido de solicitar a duplicação do Eixo Industrial e melhoria da Serra Dona Francisca entre outras demandas da cidade de Joinville. São obras de extrema importância para o desenvolvimento da nossa região”, comentou Krelling.

O parlamentar destacou também que esta duplicação “é essencial para fortalecer o escoamento da produção industrial de Joinville e melhorar a segurança e qualidade de vida da população que precisa diariamente passar pelo trecho”.

O custo total da duplicação das ruas Hans Dieter Schmidt e Edgar Meister é de R$ 41,3 milhões, incluindo a revitalização do asfalto já existente. O trecho duplicado será de 5,7 quilômetros.

A empresa Infrasul é a responsável pela obra. O contrato prevê adequação, duplicação, melhoramentos e restauração da pista existente. A iniciativa faz parte do programa Novos Rumos, um pacote de intervenções estratégicas do Governo do Estado para melhorar a infraestrutura catarinense.

Foto

 

Acompanhe Fernando Krelling


Fernando Krelling
Voltar