Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
00:15 Sessão Ordinária
Ao vivo

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
12/09/2014 - 08h57min

Encontro estimula estagiários a planejar um futuro brilhante

Imprimir Enviar
Evento alusivo ao Dia Mundial da Juventude provocou reflexões sobre carreira profissional. FOTOS: Eduardo Guedes de Oliveira/Agência AL

O professor pergunta: “Quem aqui tem certeza, já planejou o que quer fazer no futuro?” Apenas três ou quatro pessoas, dentre aproximadamente 50 na plateia, levantam a mão. O resultado da enquete instantânea comprova um fato preocupante, que levou a Coordenadoria de Estágios Especiais da Assembleia Legislativa a promover a palestra “Sua Visão de Futuro – Criando uma carreira brilhante”: muito poucos jovens planejam o futuro profissional.

A palestra, realizada na noite de quinta-feira (11), no Plenarinho Deputado Paulo Stuart Wright, foi alusiva ao Dia Internacional da Juventude, comemorado em 12 de agosto. O evento integra a série Encontros pela Igualdade, promovida para celebrar os dez anos do Programa Antonieta de Barros (PAB), o programa de ações afirmativas da Assembleia Legislativa. Estagiários do PAB, familiares e pessoas da comunidade participaram do encontro.

A coordenadora interina, Dulcinéa Moreira, explicou que a temática do dia foi escolhida para provocar nos jovens uma reflexão, de modo que sejam estimulados a querer ir além do ensino médio e além do estágio na Assembleia Legislativa, “com mais confiança em si mesmos”. Danielle da Silva, coordenadora do evento, completou que “para quem não sabe onde quer ir, qualquer caminho serve”, daí a importância de traçar metas para o futuro.

Giselle Nascimento Marques, do Grupo Afro Ganga Zumba, deu sua contribuição para o aumento da autoestima dos estudantes, com um depoimento sobre a ousadia de empreender. Ela destacou que a educação dos jovens de classes mais baixas geralmente é voltada para o mundo do trabalho. “É preciso arrumar um bom emprego, de preferência em uma empresa grande”, ilustrou. Na opinião dela, a escola forma empregados. “Precisamos estimular os jovens a pensarem também sobre a possibilidade de empreender. É possível sonhar mais, quebrar esse limite e ampliar os horizontes”.

Visão de futuro
Planejar o futuro e construir uma trajetória audaciosa foi a provocação lançada pelo palestrante, professor Jonny Carlos da Silva, da Universidade Federal de Santa Catarina. Ele apresentou exemplos de pessoas que superaram condições difíceis e tiveram carreiras brilhantes. “Quanto mais árdua a sua realidade, mais fundamental é a capacidade de ter visão do futuro. É ela que vai te impulsionar a superar condições difíceis”, ensinou. O professor compartilhou vivências internacionais e repassou conceitos e técnicas que podem ajudar os jovens a planejar o futuro.

O dia 11 de setembro
A Coordenadoria de Estágios Especiais programou o terceiro evento da série Encontros pela Igualdade para o dia 11 de setembro por que a data remonta à realização da Conferência de Durban, pelas Nações Unidas, em 2001, na África do Sul. A conferência teve como objetivos o diagnóstico mundial das formas de racismo, discriminação e intolerância; a identificação das vítimas e a elaboração de medidas de prevenção e combate.

Lisandrea Costa
Agência AL

Voltar