Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
14:00 Sessão Ordinária
Ao vivo

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
04/04/2017 - 17h52min

Moção em defesa da professora da Udesc é aprovada por unanimidade

Imprimir Enviar
Deputada Ana Paula Lima
FOTO: Solon Soares/Agência AL

Defensora das lutas das mulheres, pela igualdade de direitos entre mulheres e homens, contra o machismo, contra a misoginia, contra o racismo e a homofobia, entre tantas outras causas afirmativas, a deputada Ana Paula Lima (PT) apresentou na sessão desta terça-feira (04) moção de solidariedade à professora, doutora Marlene de Fáveri, da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), que foi processada por uma ex-aluna. A moção foi aprovada por unanimidade.

Na moção apresentada, Ana Paula reforça que são inúmeras as manifestações públicas de apoio à professora devido ao processo judicial por suposta “perseguição ideológica e religiosa" e reconhece seus trabalhos realizados pela educação do Estado - a professora Marlene é reconhecida por sua integridade profissional e pessoal, por sua relevante produção acadêmica sobre os movimentos de mulheres e teorias feministas, bem como por suas posturas democráticas e inclusivas em sala de aula - diz a moção.

Ainda segundo a deputada, com vasta publicação de livros e artigos, a professora tem pautado sua atuação em defesa das minorias, por uma sociedade mais justa e democrática, sendo assim ela e a instituição prejudicadas - a aluna vem reiteradamente desqualificando os profissionais e professores, especialmente os da área de História e Ciências Sociais e Humanas, e atacando diretamente toda uma área de conhecimento científico e, por consequência, atingindo a própria Udesc - destaca o documento. 

“Nosso mandato está ao lado das diversas instituições, lideranças e representantes da comunidade universitária de Santa Catarina e do país que têm declarado solidariedade à professora, que está sendo acusada. Marlene é mais um exemplo de tantas e tantos profissionais que dedicam a vida à educação e que, sistematicamente, têm sido atacados no exercício do seu ofício por lutar e acreditar que somos livres e devemos ter direitos iguais na sociedade”, complementa a deputada.

 


 

 

Gabinete da Deputada Ana Paula Lima
Assessoria de Comunicação 
(47) 99696-0969
(48) 3221-2680

Acompanhe Ana Paula Lima


Ana Paula Lima
Voltar