Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Serviço temporariamente em manutenção.
Acompanhe a programação da TVAL pelo Youtube.


Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
10/08/2021 - 13h04min

Avança projeto que permitirá regularização fundiária na Baixada do Maciambu

Reuniões na Secretaria de Estado da Administração e na Diretoria de Gestão Patrimonial confirmam que proposta está em fase final de elaboração
Imprimir Enviar

Depois de anos de espera, famílias da Baixada do Maciambu, em Palhoça, estão próximas de realizar o sonho da casa própria. Segundo o deputado Coronel Mocellin (PSL), o governo do Estado deve enviar em breve, para a Assembleia Legislativa, o projeto de lei que faz a doação daqueles terrenos para o município, que poderá fazer a regularização fundiária.

Este PL engloba a área próxima do Supermercado Basqueira e o Km 2, que estão dentro do Parque Estadual da Serra do Tabuleiro, possuem matrícula, e, sendo assim, podem ser beneficiadas pelo Reurb. Sobre as demais áreas o Estado deve montar uma estratégia para obter a matrícula. Assim, poderá enviar novo projeto de lei e viabilizar a regularização fundiária.

“Vamos trabalhar para que todas as famílias da região possam ser beneficiadas. E, agora, atuar para que este projeto de lei tenha tramitação ágil para dar mais dignidade para os moradores, que sofrem com sérios problemas de infraestrutura”, destacou o deputado que, nesta segunda-feira, participou de reuniões na Secretaria de Estado da Administração, com Jorge Eduardo Taska e na Diretoria de Gestão Patrimonial, com Welliton Saulo.

A deputada Dirce Heiderscheidt (MDB), que também participou da reunião na SEA, destacou a importância deste projeto de lei para a região. “Aquelas famílias têm pressa.  Precisamos trabalhar para que os moradores tenham uma melhor qualidade de vida e mais dignidade”, ressaltou ela. 

Para João Domingos Pereira, que representa a Associação dos Moradores da Passagem do Maciambu, trata-se de uma vitória importante da comunidade, que hoje vive sérios problemas. “Hoje pra tomar banho é só até às 18h. E se a gente liga o micro-ondas tem de desligar a geladeira. São vários os desafios da comunidade, que aguarda esta solução com muita esperança”, relatou ele.

Também participaram das reuniões  Sílvio Hernani, do Conseg, Valdir Fraga, da Associação de Moradores Mar Aberto, Adriano Manoel, da Associação de Moradores da Guarda do Embaú e Luiz Darella, da Ponta do Papagaio.

Marcelo Tolentino / 48 99776336 / 48 91773672
Jornalista - MTB/SC - 01506 JP

Acompanhe Coronel Mocellin


Coronel Mocellin
Voltar