Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Acompanhe a programação pelo Youtube.


Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Sala de Imprensa


Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
08/02/2022 - 16h54min

Governador Moisés faz a leitura da mensagem anual na Alesc

Imprimir Enviar

FOTO: Rodolfo Espínola/Agência AL

Nesta terça-feira, 08, o governador do Estado, Carlos Moisés, esteve na Assembleia Legislativa cumprindo a tradição de ler sua mensagem anual aos deputados estaduais. Ele foi recebido pelo presidente da Casa, Moacir Sopelsa e demais parlamentares. Em seu discurso destacou o municipalismo e investimentos recordes.

Moisés ressaltou os R$ 3,5 bilhões transferidos aos municípios para obras locais. Outra iniciativa destacada foi o Plano 1000. Segundo o governador, em um intervalo de cinco anos serão repassados R$ 7,3 bilhões aos 295 municípios catarinenses. “Cada cidade deverá receber R$ 1 mil por habitante”, defendeu.

Na área da educação, Moisés salientou o investimento acima do mínimo exigido pela constituição, elencou a valorização do magistério e a aprovação do Bolsa Estudante para até 60 mil alunos da rede pública estadual. Já na saúde, ele destacou o trabalho em prol da vacinação, colocando Santa Catarina entre os estados que mais vacinou no Brasil, alcançando índices superiores a 80% de toda a população vacinável.

Ao final do discurso, o governador agradeceu aos deputados pelo trabalho conjunto e parabenizou o deputado Moacir Sopelsa pela eleição à Presidência da Alesc.
Sopelsa, por sua vez, agradeceu ao governador pela liberação dos recursos das emendas elaboradas pelos parlamentares, que resultaram na aplicação de mais de R$ 1,5 bilhão nos 295 municípios catarinenses.

A mensagem do governador foi acompanhada pelo presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), desembargador João Henrique Blasi; pelo chefe do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), o procurador-geral de Justiça Fernando Comin; pelo presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro Adircélio Ferreira Junior; além de secretários estaduais e prefeitos.

Patrícia Schneider de Amorim
Sala de Imprensa/Alesc

Voltar