Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Rádio AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Serviço temporariamente em manutenção.
Acompanhe a programação da TVAL pelo Youtube.


Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
15/10/2021 - 10h03min

Outubro: mês é dedicado à conscientização sobre perdas gestacionais e neonatais

Imprimir Enviar

Outubro é reconhecido internacionalmente como o mês de conscientização e sensibilização pelas perdas gestacionais e neonatais, com destaque para o dia 15. A intenção é alertar para a necessidade de acolhimento de mães e pais que sofrem com a dor do luto pelo falecimento dos filhos durante a gestação ou ainda recém-nascidos, com até 28 dias de vida.

A ideia é dar visibilidade ao tema, considerado tabu, mesmo sendo recorrente. E também envolver profissionais de saúde e a sociedade em geral para que o assunto seja tratado com a sensibilidade que ele exige.

Para amenizar o sofrimento e respeitar o luto dessas famílias, hospitais e maternidades da rede pública de saúde de Santa Catarina são obrigados a garantir às mães de filhos natimortos acomodação em área separada das demais pacientes, como mulheres em trabalho de parto ou que já tiveram seus bebês. O direito também é assegurado às gestantes que tiveram diagnóstico de óbito fetal. A regra, prevista em lei aprovada pela Assembleia Legislativa, está em vigor no estado desde o ano passado.

Entrevistas com:
- Ana Paula Binder Brey;
- Marilia Borba Candaten, psicóloga; 
- Luiz Fernando Vampiro (MDB), deputado licenciado, autor da lei.

Ludmilla Gadotti
Agência AL

Voltar