Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Serviço temporariamente em manutenção.
Acompanhe a programação da TVAL pelo Youtube.


Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
17/03/2009 - 12h37min

Sessão especial abre o Ano Maçônico em Santa Catarina

Imprimir Enviar
Sessão especial abre o ano maçônico em Santa Catarina
O Ano Maçônico foi aberto oficialmente na noite desta segunda-feira (16), no Auditório Antonieta de Barros, na Assembleia Legislativa. O local foi pequeno para o grande número de irmãos, cunhadas, sobrinhos e sobrinhas – forma como se tratam os membros da Maçonaria - que prestigiaram a solenidade. O evento, de grande importância para os maçons, contou ainda com a presença de autoridades dos três poderes e de civis, já que é uma cerimônia branca, ou seja, que pode ser acompanhada pelo público em geral. A Maçonaria, representada pelo Grande Oriente do Estado de Santa Catarina, Grande Oriente de Santa Catarina e Grande Loja de Santa Catarina, sob o comando dos grãos-mestres José Domingos Rodrigues, Ib Silva e Rubens Franz, respectivamente, tem como finalidade a investigação da verdade, o culto da moral e a prática da solidariedade. Ela busca incentivar o progresso intelectual e social, estender a todos os homens os elos fraternais que unem os maçons, lutando contra todas as manifestações de ignorância, fanatismo e superstição que, para eles, são os maiores males que afligem a humanidade. O encontro foi marcado pela palestra “Crise, ética e sociedade”, ministrada pelo conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e membro maçom, Salomão Ribas Júnior. Inspirado em personagens como Robinson Crusoé, ele falou sobre o conjunto de valores denominado ética e a sua principal diferença da moral. “Não devemos confundir ética com moral. A moral é marcada por preceitos e varia com o tempo. É o que foi imposto pela sociedade. Enquanto a ética, são os valores escolhidos com a finalidade de ter bons costumes. É o que pensamos ser bom”, explicou. Segundo Ribas Júnior, a crise econômica que assola o mundo e começou com a crise financeira tem, fundamentalmente, uma base ética. “O problema é estrutural. É a própria ética buscando amenizar as diferenças”, declarou. (Denise Arruda Bortolon/Divulgação Alesc) Preceitos maçônicos A Maçonaria tem como preceitos obedecer às leis do país, viver com honra, praticar a justiça, amar seu semelhante, promover, por meios pacíficos e progressivos, o bem-estar e a emancipação da humanidade. Para esta instituição, o trabalho é um dos deveres e direitos fundamentais da pessoa e, como dever, exige de seus adeptos uma contribuição indispensável ao melhoramento da coletividade. Exige estudo meticuloso de seus rituais, a instrução recíproca das questões de maior relevância para a sociedade, a exaltação dos corações ao trabalho e à virtude, ao gozo em comum dos prazeres do espírito, aos laços de amizade e à prática da solidariedade humana.
Voltar