Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Acompanhe a programação pelo Youtube.


Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
24/10/2016 - 14h47min

Servidores da zeladoria ensaiam para apresentação na semana do servidor

Imprimir Enviar

Os funcionários da zeladoria, responsáveis pelos serviços mais básicos da Assembleia Legislativa, estão ensaiando com o maestro Reginaldo Osvaldo da Silva para uma apresentação conjunta com o Coral da Alesc. Será quarta-feira (26), às 17 horas, no Hall do Palácio Barriga-Verde.  “Aproveitamos horário e espaço ociosos para aumentar a autoestima, promover a autonomia e a integração no trabalho dentro da Assembleia”, informou Rosani Vieira, coordenadora do projeto “Arquitetura sustentável, acessibilidade e analfabetismo digital com foco na zeladoria”, que há dois anos reúne semanalmente cerca de 100 servidores terceirizados.

“Esse projeto culminou com apresentação de encerramento de ano em 2015, unindo o coral e a zeladoria da Casa para cantar o Natal. Agora estamos ensaiando novamente para cantar na semana do servidor”, informou o maestro. Serão duas músicas, “Cio da terra”, de Chico Buarque e Milton Nascimento, e “Eu quero apenas”, de Roberto Carlos. “São canções que falam da amizade, congraçamento e das relações com o trabalho”, justificou.

O poder da música
“A música tem o poder de elevar nossa autoestima, cantar em grupo confere uma condição de segurança, é agregador, aproxima e eleva espiritualmente aqueles que cantam”, argumentou o maestro, acrescentando que no caso do trabalho, o canto ajuda a desenvolver a atenção e a concentração. “Sem falar na socialização, também muito importante”, enfatizou Reginaldo da Silva.

Dona Alzira Marcelino participou dos ensaios e da apresentação de 2015 e repete a dose em 2016. “É bom a gente cantar, é muito bom”, declarou.

Obra de arte
Além de cantar, os servidores terceirizados participaram de uma oficina com a artista plástica Patrícia Goulart. Juntos, utilizando resíduos produzidos pela Assembleia, construíram uma obra de arte que será exposta no Hall também na quarta-feira. “Foi feita por várias mãos, é grande, do tamanho de uma porta, para que cada um pudesse trabalhar, deixar a sua marca”, revelou Rosani Vieira.


 

Vítor Santos
Agência AL

Voltar