Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Acompanhe a programação pelo Youtube.


Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
28/04/2022 - 13h12min

Instituto Anjos do Mar Brasil apresenta relatório e solicita audiência pública

Imprimir Enviar
Coordenador de projetos do Imab, Marcelo Assumpção Ulysséa
FOTO: Bruno Collaço / AGÊNCIA AL

O coordenador de projetos do Instituto Anjos do Mar Brasil (Imab), Marcelo Assumpção Ulysséa, utilizou a tribuna da Assembleia Legislativa na manhã desta quinta-feira (28) para falar sobre as atividades desenvolvidas pela entidade no estado.

Conforme disse, a IMAB possui bases em Barra Velha, Bombinhas, Itajaí e Florianópolis, atuando na proteção e no monitoramento do ambiente marinho, efetuando resgates e recuperações de animais feridos, oferecendo também cursos de capacitação. “Nossa intenção é conseguir uma sobrevida maior desses animais em risco de extinção, garantindo que as futuras gerações, nossos filhos e netos, tenham contato com esses animais não só em aquários e museus, que é a tendência se a gente continuar negligenciando essa questão.”

Como exemplo da importância das atividades realizadas pelo instituto, ele citou que no ano de 2021, somente no monitoramento de baleias, foram registradas 300 mortes destes animais no Brasil, sendo 69 no litoral catarinense. “Nós matamos mais baleias do que o Japão caça nos sete mares durante um ano”, comparou.

Ele também solicitou aos deputados apoio para a realização de uma audiência pública, visando debater com o setor pesqueiro práticas mais sustentáveis ao meio ambiente e medidas de prevenção à mortalidade de animais marinhos ameaçados ou protegidos por lei. “Essa solicitação é para que todos os deputados abracem essa causa e a gente possa discutir com o setor pesqueiro essa mortalidade.”

O evento, ressaltou o gestor, já conta com o apoio das Comissões de Turismo e Meio Ambiente; e de Pesca e Aquicultura, bastando fixar uma data.

Em seu pronunciamento, ele ainda agradeceu a parlamentares de várias agremiações políticas pela apresentação de projetos e emendas voltadas à preservação da fauna marinha. “Não temos bandeira política, só temos compromisso com as futuras gerações, e para isso a gente precisa do apoio de todos os deputados.”

Na sequência, diversos deputados tomaram a palavra para parabenizar Ulysséa  pelo trabalho realizado no Instituto Anjos do Mar e manifestar apoio aos pleitos apresentados. 

“O que nós pudermos fazer para auxiliar, para intermediar junto ao governo do Estado, conte conosco”, disse Ricardo Alba (União), 1º secretário da Mesa Diretora da Alesc, que presidia a sessão.

“Você nos traz, nessa manhã, informações importantes, e que reforçam a ideia da audiência pública. Vejo isso como muito importante para publicizar os dados, debater o tema e encaminhar soluções”, acrescentou Neodi Saretta (PT).

“Acho que vocês [do IMAB] têm uma missão que merece o nosso apoio e quero me colocar à disposição para ajudar”, disse por fim Kennedy Nunes (PTB).

 

 

Alexandre Back
Agência AL

Voltar