Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Acompanhe a programação pelo Youtube.


Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
24/06/2022 - 14h59min

Marcius Machado solicita recursos para construção de nova UPA em Lages

Imprimir Enviar
Deputado Marcius Machado

Atento a atual situação caótica da saúde pública em Lages, o deputado Marcius Machado (PL) utilizou o plenário da Assembleia Legislativa de Santa Catarina para cobrar medidas de melhoria para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município.

O deputado encaminhou ao Ministério da Saúde, ao senador Jorginho Mello (PL) e à deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania) uma Moção solicitando a articulação junto ao governo federal para a obtenção de recursos para a construção de uma nova UPA em Lages.

Na última segunda-feira (20), 60 pessoas aguardavam atendimento. Entre elas, estavam pacientes com diagnóstico de Covid-19 no meio de outros pacientes, pessoas com ferimentos expostos, entubadas e crianças.

“As pessoas não têm estrutura adequada, estão sendo medicadas em pé. Precisamos de um trabalho mais efetivo do governo do Estado, para que possa respaldar a região”, enfatiza o deputado.

E ainda acrescenta. “Muitos hospitais, como os de São Joaquim e Ponte Alta, não estão recebendo recursos. O governador distribui recursos nos municípios, mas não para os hospitais, o que sobrecarrega a saúde de Lages”

Marcius Machado destinou recursos de emendas impositivas para diversos hospitais da Serra, mas muitos estão impedidos de receber os valores por estarem com atrasos no pagamento das certidões negativas.

“Sou autor de uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que garante que os recursos de emendas sejam depositados de fundo a fundo, como acontece com os municípios. Assim, evita que os valores sejam bloqueados e ajudam as instituições, até mesmo a regularizar as dívidas”, explica o deputado. A PEC deve ser votada em breve no plenário da Alesc.

­
­
­
­
Assessoria de Imprensa

Camila Paes - jornalista

(49) 99911-3425

Jordana Boscato - jornalista

(49) 99959-7972

Acompanhe Marcius Machado


Marcius Machado
Voltar