Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Serviço temporariamente em manutenção.
Acompanhe a programação da TVAL pelo Youtube.


Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
26/11/2012 - 18h06min

Episódio do Constestado abordado na Alesc é tema de vestibular da Acafe

Imprimir Enviar

A Guerra do Contestado foi tema de questão de compreensão de texto no vestibular da Acafe realizado no final de semana, tendo por base notícia publicada no site da Assembleia Legislativa que repercutiu sessão solene em alusão ao centenário do início daquele conflito, que aconteceu dia 16 de outubro. Autor do requerimento para a realização da sessão e orador que fez a primeira abordagem sobre o episódio naquela oportunidade, o deputado Antônio Aguiar (PMDB) disse que ficou “muito contente pelo critério de escolha do texto, sinal de que a sessão e seus oradores fizeram uma boa abordagem sobre um fato histórico de tamanha repercussão para Santa Catarina”.
Na ocasião, Aguiar procurou contextualizar o Contestado para os mais jovens e mesclou em sua fala elementos político-administrativos, sociais e religiosos que motivaram a deflagração dos combates. O escritor Péricles Prade, da Academia Catarinense de Letras, e o historiador Fernando Tokarski, estudioso da guerra, também se manifestaram na tribuna do parlamento, que na ocasião reverenciou todos os que participaram da história e em especial os 31 atuais municípios catarinenses que serviram de palco de episódios do grande conflito. “A questão da prova, que reconhece a importância do Contestado para a integração e definição do atual território catarinense, mostra que a sessão da Assembleia valeu como uma verdadeira aula sobre a nossa história”, avalia o deputado.
Aguiar segue em São Paulo, recuperando-se de cirurgia em que extraiu um tumor na vesícula, e acompanha com interesse o noticiário de Santa Catarina. “Fui informado por minha assessoria sobre a questão da prova da Acafe. Foi muito gratificante saber que o evento da Assembleia abriu mais uma luz para que se discuta o Contestado, inclusive nos meios acadêmicos”.

Voltar