Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Acompanhe a programação pelo Youtube.


Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
15/12/2021 - 12h36min

Dr. Vicente: reforço na legislação dará mais poder no combate à dengue

Imprimir Enviar
Deputado Doutor Vicente Caropreso. Foto: assessoria parlamentar.

“O mosquito está circulando, o  vírus está circulando e é preciso alertar a população para que tome os cuidados necessários.”

O governo catarinense vai regulamentar  a lei estadual 18.024/2010 para normatizar ações e dar maior poder jurídico aos agentes sanitários nas fiscalizações, de modo a responsabilizar pessoas e estabelecimentos  que  não cumprirem  normas para evitar a propagação de doenças transmitidas por vetores como o mosquito Aedes aegypti.  A informação foi confirmada pelo superintendente de vigilância em saúde da Secretaria de Estado da Saúde, Eduardo Marques Macário, durante audiência pública realizada pela Comissão de Saúde na terça-feira (14).

O deputado Dr. Vicente Caropreso, vice-presidente da comissão, destacou a importância da medida diante do crescimento dos casos de dengue no estado, que já registra o dobro de casos em comparação ao ano passado. Após quatro anos sem registro de óbitos por dengue, Santa Catarina teve este ano sete mortes pela doença. Em algumas cidades a situação é de epidemia devido ao alto número de contaminações, como é o caso da cidade de Joinville. Três em cada quatro municípios catarinense tem registro de dengue.

“O governo irá reforçar a legislação, fará uma publicação para disciplinar como deve ser feito o enfrentamento da situação incluindo a responsabilização das pessoas.  Dever haver uma uniformização das ações e atitudes por parte do governo e dos municípios para que não se faça apenas ações isoladas, mas sim unificadas, envolvendo universidades e escolas. O mosquito está circulando, o  vírus está circulando e  é preciso alertar a população para que tome os cuidados necessários e para que as autoridades sanitárias  não sosseguem enquanto a situação não estiver sob controle”, afirmou Dr. Vicente.

Para o parlamentar, um dos principais motivos do crescimento dos casos de dengue se deve à pandemia de Covid-19, já que governo e sociedade concentraram todos os esforços no enfrentamento da pandemia, que também restringiu e criou obstáculos para o trabalho de equipes sanitárias.

Assessoria de Comunicação
Deputado Estadual Dr. Vicente Caropreso – PSDB
(48) 99127 8540

Acompanhe Dr. Vicente Caropreso


Dr. Vicente Caropreso
Voltar