Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Acompanhe a programação pelo Youtube.


Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
20/02/2013 - 13h21min

Deputado Saretta manifesta expectativas de avanços na qualidade do ensino catarinense

Imprimir Enviar
Deputado Neodi Saretta (PT)

Em pronunciamento na tribuna da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, nesta terça-feira (19), o deputado Neodi Saretta (PT) lamentou pela condição de precariedade de algumas escolas estaduais e manifestou a expectativa de que este cenário mude com o Pacto pela Educação, lançado pelo Governo do Estado na segunda-feira. O investimento de R$ 500 milhões, recursos do Ministério da Educação e Banco Nacional do Desenvolvimento (BNDS) prevê obras de infraestrutura e valorização dos profissionais da educação, entre outras melhorias.

De acordo com o parlamentar, espera-se que nos próximos anos não se repita o que ocorreu neste início de ano letivo, com milhares de alunos impossibilitados de estudar diante da péssima situação das instituições. Na semana passada, citou, o Ministério Público Estadual (MPE) ajuizou ação civil pública, com pedido de liminar, para determinar que o Governo do Estado providencie com urgência a reforma de nove instituições de ensino de Joinville. “Se as escolas estão em situação precária é porque houve descaso”, denunciou.

Saretta salientou que, conforme a ação do MPE, a maior parte dos problemas verificados nas escolas estaduais poderia ter sido evitada por meio de simples ações, mas o Estado não tomou nenhuma providência. “Não podemos mais começar as aulas com escolas interditadas, os alunos tendo que estudar em salas improvisadas ou ginásios de esportes. Isso é vergonhoso”, disse, lembrando que Santa Catarina possui um dos melhores Índices de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

O deputado apelou aos demais parlamentares para agilizar a tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 001/2011, de sua autoria, que eleva de 25% para 30% o percentual destinado à educação. “Em 2014 espero poder vir a esta tribuna elogiar as ações voltadas à educação catarinense, com escolas revitalizadas e o magistério com salários e plano de carreira dentro do sonhado e merecido pela categoria”, concluiu.

Acompanhe Neodi Saretta


Neodi Saretta
Voltar