Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Serviço temporariamente em manutenção.
Acompanhe a programação da TVAL pelo Youtube.


Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
23/09/2021 - 15h18min

Dr. Vicente apresenta PLs voltados aos direitos da pessoa com deficiência

Imprimir Enviar
Deputado Dr. Vicente
FOTO: Bruno Collaço / AGÊNCIA AL

Na semana em que se comemorou o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, o deputado Dr. Vicente Caropreso (PSDB) apresentou dois projetos de lei para assegurar e ampliar direitos. Um deles melhora o atendimento de pessoas com deficiência nos órgãos públicos de segurança e outro garante que a pessoa com transtorno do espectro autista grave receba pensão especial do Estado. As propostas foram apresentadas nesta quarta-feira (22).

O projeto apresentado pelo deputado para aprimorar o atendimento nos órgãos públicos de segurança determina que as Delegacias da Mulher tenham equipes multidisciplinares, com intérprete da língua brasileira de sinais (Libras) e do sistema Braile, psicólogo e assistente social para o atendimento da pessoa com deficiência. Na justificativa, Dr. Vicente, que preside a Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiênica, destacou que uma parcela de pessoas com deficiência precisa de outras pessoas para sobreviver e que grande parte dos crimes ocorre no ambiente doméstico.

“O laço afetivo entre vítima e agressor, aliado à vulnerabilidade imposta pela deficiência, requer um atendimento qualificado dos órgãos de segurança para impedir violações de direitos. É preciso garantir digni dade , acessibilidade e acolhimento à pessoa com deficiência vítima de violência.”

Já a segunda proposta foca na assistência social e financeira à pessoa com transtorno do espectro autista grave.  A proposta altera a lei 17.428/2017 incluindo o transtorno no rol das enfermidades cabíveis de pensão paga mensalmente pelo Estado. Conforme o deputado, a pessoa com autismo de nível 3 tem déficit grave nas habilidades de comunicação e de sociabilidade, o que resulta não só em incapacidade laboral como restringe sua efetiva participação social.  A lei estadual prevê o pagamento de pensão de um salário mínimo, desde de que a renda familiar não seja superior a dois salários mínimos.

 

Assessoria de comunicação

Deputado Dr. Vicente Caropreso – PSDB

(48) 99127 8540 –  assessoriadrvicente@gmail.com

Acompanhe Dr. Vicente Caropreso


Dr. Vicente Caropreso
Voltar