Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Acompanhe a programação pelo Youtube.


Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
29/06/2022 - 12h37min

Lançada na Alesc a Festa Regional da Tilápia

Imprimir Enviar
A divulgação aconteceu no plenário da Assembleia Legislativa.
FOTO: Bruno Collaço / AGÊNCIA AL

A sessão desta manhã foi interrompida para que a prefeita de Trombudo Central, Geovana Gessner (MDB), divulgasse a primeira edição da Festa Regional da Tilápia, que acontecerá entre os dias 14 e 18 de julho. Acompanhada da rainha e das princesas do evento, ela destacou que a escolha do tema foi baseada na produção do pescado, que é uma das principais características econômicas do município do Alto Vale do Itajaí.

“Tínhamos a Festa Nacional da Mandioca, mas perdemos o título porque a festa não foi realizada há mais de 20 anos. Assim, fomos buscar uma nova identidade para a cidade, para reafirmar o orgulho de ser trombudense”, contou. Segundo ela, já são mais de 150 produtores do estado inscritos para o evento.

A festa terá ainda programação com shows nacionais e de artistas locais, bailes, almoços com cardápio à base de tilápia e atividades esportivas. Proponente da interrupção da sessão para a divulgação da festa, o deputado Jerry Comper (MDB), destacou que Trombudo Central é uma cidade que encanta pela beleza. “E esta primeira edição da festa é motivo de orgulho e importante para região, depois de mais de dois anos que ficamos afastados, sem o relacionamento entre amigos”, avaliou.

O deputado Ismael dos Santos (PSD) citou que a cidade orgulha os catarinenses. “A tilápia é um peixe que veio da África, do rio Nilo, e se adaptou muito bem em Santa Catarina e hoje é, talvez, o principal peixe de pesca artesanal, em água doce no Estado”, comentou.

Já o deputado Mauro de Nadal (MDB) argumentou que o principal propósito deste tipo de evento é divulgar o que a cidade tem de potencialidade, “de bom e do melhor”, na indústria, comércio, serviços e no agronegócio.

O deputado Saretta concordou sobre a relevância de mostrar as potencialidades dos municípios.
Para Kennedy Nunes, é uma oportunidade boa para a retomada das atividades normais nesta fase em que a pandemia está sob controle. “É importante ter de volta estas festas, o congraçamento, a reunião, a valorização do produto local, da cultura, da arte”, disse ele.

Por fim, o deputado Mauricio Eskudlark (PL), que presidiu a sessão, citou que o “Alto Vale é fantástico” e que vai se programar para prestigiar a abertura da festa.

Alessandro Bonassoli
Agência AL

Voltar