Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Acompanhe a programação pelo Youtube.


Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
11/03/2022 - 13h10min

Sessão solene pelos 88 anos de Gaspar será realizada na Escola Honório Miranda

Imprimir Enviar
Deputado Celso Zuchi com o diretor da E. E. B. Professor Honório Miranda, Dioney Luiz Fernandes FOTO: Divulgação

A comemoração dos 88 anos de emancipação político-administrativa de Gaspar terá solenidade oficial da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) e será realizada no dia 14 de março, às 19h, na E. E. B. Professor Honório Miranda.

Na ocasião, serão homenageadas pessoas e instituições que contribuíram para o desenvolvimento do município. A principal homenageada, em nome da educação pública, será a Escola Professor Honório Miranda, que vai sediar o evento. Também serão homenageadas outras oito pessoas e instituições, entre elas IFSC, Epagri e Paróquia São Pedro Apóstolo. O evento será aberto para toda a comunidade.

A escolha da principal homenageada e do local da sessão tem como objetivo valorizar a educação pública em Gaspar. Busca-se reparar uma injustiça sofrida pela Escola Honório Miranda no ano passado, em função de um comentário do secretário municipal de Educação considerado ofensivo e preconceituoso.

Durante uma reunião virtual com diretores e professores, o secretário afirmou que na mesma rua da Escola Professor Honório Miranda há uma escola privada e que os alunos de ambas estavam condenados a um destino diferenciado, pela má educação e qualidade do ensino público, insinuando que algumas daquelas crianças e jovens estavam estudando “umas para serem empregados, e outras para serem patrões”.

O comentário causou revolta da direção da escola, a mais antiga e uma das mais tradicionais do município. Estudantes, lideranças comunitárias e a comunidade escolar exigiram respeito à educação pública. 

O deputado Celso Zuchi (PT), autor da proposição para a realização da sessão na escola, avaliou que a frase proferida é bastante elitista, ofendeu o ensino público e a toda a comunidade escolar, professores, servidores, estudantes, pais e ex-alunos. Zuchi, que estudou na Escola Honório Miranda, afirma que tem orgulho de ter sido aluno da instituição. Com a sessão solene, além de valorizar a educação pública, o deputado pretende cobrar efetivamente mais atenção do poder público às demandas da comunidade escolar.

 


Juliana Wilke
Assessoria Coletiva | Bancada do PT na Alesc | 48 3221 2824  bancadaptsc@gmail.com
Twitter: @PTnoparlamento | Facebook: PT no Parlamento

Voltar