Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Acompanhe a programação pelo Youtube.


Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
21/12/2021 - 18h20min

Moções destacam pessoas e instituições que fizeram a diferença em SC

Imprimir Enviar
Deputada Paulinha e Alex Gabriel Rodrigues, coordenador da Cufa em SC
FOTO: Vicente Schmitt/Agência AL

A sensibilidade da deputada Paulinha (sem partido) busca enaltecer os catarinenses e suas ações que fazem a diferença na vida da população de Santa Catarina. Foi justamente por esse olhar sensível que nesta terça-feira (21), em ato no Parlamento, ela concedeu cinco moções de aplausos para pessoas e instituições catarinenses que fizeram a diferença.

Foram homenageados por ela o padre David Bruno Goedert, de Correia Pinto; Anne Margareth, da Apae de Xaxim; atleta paralímpica Josiane Dias de Lima, de Florianópolis; policiais militares de Itapema e Central Única das Favelas (Cufa/SC).

Padre David recebeu a homenagem pelos projetos sociais em benefício da comunidade de Correia Pinto, na Serra Catarinense.

Anne virou referência como voluntária apaeana ao ser pioneira no projeto de Equoterapia em Santa Catarina, além de outras tantas atividades em prol da pessoa com deficiência na região Oeste.

Os policiais participaram de um salvamento de um homem acidentado na BR-101, em Itapema, representados na solenidade pelo sargento PM Bruno Czerwonka.

Destacada por Paulinha como exemplo de superação no esporte e na vida, Josiane Dias de Lima já venceu diversas competições nacionais e internacionais no remo paralímpico. “Dedico a todas as pessoas com deficiência esta homenagem, pois o reconhecimento nos faz mais fortes. Vou participar dos Jogos Paralímpicos em Paris 2024, e conto com o apoio de todos para levar a bandeira do Brasil para todo o mundo”, afirmou a paratleta.

A parlamentar lembrou que a Cufa atua onde o Estado é invisível. “Para os mais necessitados a primeira mão estendida vem da Central Única das Favelas, que mesmo atuando sem recursos distribuiu este ano 3.500 cestas básicas por mês em diversas regiões do Estado.”

Alex Gabriel Rodrigues, coordenador da Cufa em SC, explicou que a atuação da entidade sempre foi pautada no âmbito social, cultural e pedagógico. “Nossa grande luta lado a lado das favelas de todo o Brasil ficou concentrada neste ano no combate à fome, por isso fizemos parcerias com empresas e a sociedade em geral.” Ele informou ainda que a entidade está presente em 17 municípios do Estado.

 

Valquiria Guimarães

Assessoria de Comunicação

Deputada Paulinha

048991047676

Com apoio Imprensa Alesc


 

 

Voltar