Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Whatsapp Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Sala de Imprensa


Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
13/11/2020 - 14h36min

As necessidades e dificuldades para manter o passado vivo estão no documentário “Vale Tombado”

Imprimir Enviar

Em 2007, algumas áreas dos bairros Rio da Luz, em Jaraguá do Sul, e Testo Alto, em Pomerode, foram oficialmente transformadas em patrimônio histórico nacional. O tombamento foi o primeiro que tratou de paisagem cultural no país, mas causou polêmica entre os locais. O documentário “Vale Tombado” fala de legado e memória, e sobre as necessidades e dificuldades de se manter o passado vivo. A estreia é nesta sexta (13), 21h no Cine Catarina da TVAL.

Este é o último filme dos vencedores do primeiro Lote do edital da Alesc de audiovisuais sobre história e cultura de Santa Catarina. Ao todo, dez filmes documentários foram veiculados semanalmente na grade da emissora, com reprises ao longo da programação. As obras podem ser assistidas nos canais abertos e a cabo da TVAL (confira a tabela abaixo) e também no Youtube no canal da Assembleia Legislativa (youtube.com/assembleiasc).

Confira a estreia desta semana!

Vale Tombado
Produtora: GA Moretti Produções Culturais Eireli
Estreia: 13/11, às 21h.

Sinopse: Em 2007, algumas áreas dos bairros Rio da Luz, em Jaraguá do Sul, e Testo Alto, em Pomerode, foram oficialmente transformadas em patrimônio histórico nacional. O tombamento foi o primeiro que tratou de paisagem cultural no país. Não só as edificações, mas toda a área tombada foi então considerada patrimônio brasileiro. Falta de informação, aliada à forte resistência por grande parte dos moradores, criou uma polêmica em torno do assunto, trazendo à tona o debate sobre o limite entre os interesses público e privado. “Vale Tombado” é um documentário sobre legado e memória, sobre as necessidades e dificuldades de se manter o passado vivo.

Edital inédito no Parlamento catarinense

Publicado em maio de 2019 o edital teve um total de 44 obras pré-selecionadas que foram avaliadas por uma comissão julgadora, formada pela jornalista Gicieli Dalpiaz, coordenadora da TVAL; pela professora Aglair Bernardo, ex-coordenadora do Curso de Graduação em Cinema da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); e pela professora Mara Lúcia Salla, coordenadora do Curso de Graduação em Cinema da Unisul.

A Seleção Concurso TVAL de Audiovisuais Catarinenses é uma iniciativa inédita no Parlamento estadual e marca os 20 anos de fundação da TVAL, celebrados em 2019. O objetivo é diversificar a programação da emissora e valorizar a produção audiovisual catarinense com obras do gênero documentário e que possuam narrativas que abordam a realidade histórica e cultural catarinense.

Participaram da seleção produtoras independentes de audiovisual, domiciliadas ou estabelecidas em Santa Catarina por pelo menos dois anos. Além disso, as produtoras tiveram que apresentar registro aprovado e com classificação de agente econômico brasileiro independente no Sistema Ancine Digital (SAD).

Assembleia repassou R$ 221 mil em prêmios

Visando incentivar tais produções, a Assembleia Legislativa premiou com R$ 25 mil as séries e R$ 8 mil os filmes selecionados, totalizando R$ 221 mil. As séries têm no mínimo quatro episódios com duração entre 30 e 59 minutos, enquanto os filmes são do gênero documentário de um único episódio com duração entre 50 e 120 minutos.

Saiba onde sintonizar e assista

Município Polo Operadora Canal Sistema de transmissão Cidades Atendidas
Araranguá TVC 16 SD Araranguá
Criciúma NET 16 SD Criciúma
Tubarão TVC 16 SD Tubarão e São José
São José NET
TVC
CANAL ABERTO
16
16
10.3
SD
SD
HD
São José, Florianópolis, Biguaçu e Palhoça
Florianópolis CANAL ABERTO 11.3 HD Florianópolis
Florianópolis UNIFIQUE 99 HD Fibra Óptica / Timbó
Balneário Camboriú NET
CCS
16
20
SD Balneário Camboriú, Blumenau, Itajaí, Brusque, Itapema, Navegantes, Luiz Alves e Camboriú
Joinville NET 16 SD Joinville
Lages UNIFIQUE 99 HD Lages
Canoinhas UNIFIQUE 99 HD Canoinhas e Três Barras
Chapecó NET
UNIFIQUE
16
99
SD Chapecó
Joaçaba UNIFIQUE 16 SD Joaçaba e Luzerna
Jaraguá do Sul UNIFIQUE 99 HD Jaraguá do Sul
São Bento do Sul UNIFIQUE 99 HD São Bento
Rio Negrinho UNIFIQUE 99 HD Rio Negrinho e São Bento
Itajaí NET 10 SD Itajaí
Timbó UNIFIQUE 99 HD Timbó
Blumenau NET
UNIFIQUE
16
99
SD
HD
Blumenau e Gaspar
Rio do Sul UNIFIQUE 99 HD Rio Do Sul
  • SD*: STANDARD DEFINITION (BAIXA QUALIDADE) HD**: HIGH DEFINITION (ALTA QUALIDADE)
Voltar