Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
01:30 Sessão Ordinária
Ao vivo

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
13/02/2019 - 12h47min

Representação diplomática alemã visita Alesc e pede apoio a projetos no Brasil

Imprimir Enviar
Deputados Laércio Schuster e Neodi Saretta recepcionam os diplomatas da Alemanha
FOTO: Luca Gebara/Agência AL

O embaixador da Alemanha no Brasil, Georg Witschel, e o cônsul-geral da Alemanha em Porto Alegre, Thomas Schmitt, estiveram na manhã desta quarta-feira (13) na Assembleia Legislativa, sendo recebidos pelo primeiro secretário da Alesc, deputado Laércio Schuster (PSB), e pelo deputado Neodi Saretta (PT) no Gabinete da Presidência.

Há dois anos e meio no Brasil, esta é a quarta vez que Witschel vem ao estado e a terceira à Alesc. De acordo com o diplomata alemão, a visita tem por objetivo conhecer a realidade política vigente no estado após o último pleito eleitoral e buscar apoio para intensificar as relações comerciais e culturais entre Santa Catarina e a Alemanha.

Em resposta, o deputado Laércio Schuster afirmou que o último pleito eleitoral trouxe uma grande renovação ao Legislativo e que a intenção dos novos parlamentares é auxiliar o governo nos projetos que sejam positivos para o estado. “Essa nova geração chega com um sentimento de diálogo e entendimento, pois sabemos o quanto é importante que os entes públicos conversem para que se favoreça o estado. Então, não acredito que qualquer tipo de relação conflituosa vá afetar a realização de investimentos, até porque temos um presidente que é muito aberto ao diálogo.”

Thomas Schmitt observou que há quatro anos Santa Catarina e o estado alemão da Turíngia (Thüringen) firmaram um acordo de irmanamento e solicitou apoio para que esta relação seja intensificada. “Já temos esta parceria, que deve ser preservada, mas não focada no passado, buscando também o que pode proporcionar para o futuro”, afirmou, citando o ensino do idioma alemão e cooperações técnicas entre universidades.

Witschel, por sua vez, pediu que o Parlamento estadual atue em prol do estabelecimento de um acordo comercial entre o Brasil e a União Europeia. Com relação a projetos pontuais, ele solicitou apoio para que o consórcio formado entre a empresa alemã ThyssenKrupp Marine Systems, a brasileira Embraer e o estaleiro itajaiense Oceana seja escolhido para a concorrência aberta pela marinha brasileira, no valor de R$ 4 bilhões, para a construção de quatro novas corvetas.

“Este consórcio é o único que envolve a utilização de um estaleiro catarinense para construção destes navios, em uma parceria que promete ser muito positiva para o estado em termos técnicos e financeiros”, disse.

Ao final, o deputado Neodi Saretta avaliou o encontro como positivo e que as informações repassadas pela representação diplomática alemã devem auxiliar na intensificação das relações e parcerias entre o estado e a nação germânica, tanto na área industrial quanto cultural.

 

 

Alexandre Back
Agência AL

Voltar