Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
18:45
19:00
Ao vivo

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
04/04/2018 - 22h10min

Professor José Baltazar Guerra recebe Título de Cidadão Catarinense

Imprimir Enviar
O professor José Baltazar e a deputada Luciane Carminatti, durante a sessão solene
FOTO: Solon Soares/Agência AL

O professor José Baltazar Salgueirinho Osório de Andrade Guerra recebeu, na noite desta quarta-feira (4), em sessão solene na Assembleia Legislativa, o Título de Cidadão Catarinense. A honraria foi concedida por meio da Lei Estadual 17.468, de 10 de janeiro de 2018, aprovada pelo Parlamento catarinense no ano passado, por meio de projeto de autoria da deputada Luciane Carminatti (PT).

Nascido em Portugal, José Baltazar veio para o Brasil pela primeira vez em 1998, como professor visitante da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc). Em 2000, passou a morar em definitivo no Brasil, sempre lecionando e desenvolvendo pesquisas em instituições de ensino superior de Santa Catarina.

“Recebo essa homenagem com muita emoção e como o reforço de um compromisso com o ensino e a pesquisa em Santa Catarina”, afirmou o homenageado. “Tenho o privilégio de lecionar em Santa Catarina, em Florianópolis e em outras cidades nos últimos 20 anos. Essa gentil homenagem é um reconhecimento a essa trabalho e um reforço do meu compromisso com o Estado de Santa Catarina.”

O novo cidadão catarinense decidiu fixar residência em Santa Catarina e não pretende retornar para seu país de origem. Atualmente, é casado com uma brasileira e tem dois filhos; o mais novo é nascido em Florianópolis. “É algo que marca minha vida e dá significado ao fato de eu ter mudado para cá e hoje ser reconhecido como um cidadão desta terra”, comentou.

A deputada Luciane Carminatti, que presidiu a solenidade de entrega da honraria, afirmou que a cidadania catarinense é um reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelo professor em áreas consideradas essenciais, como a geração de energia renováveis, a preservação da água e o desenvolvimento sustentável.

“É um profissional da educação que se dedica há mais de 15 anos a essa terra, na pesquisa, na extensão e no ensino. O Parlamento precisa reconhecer isso”, afirmou a parlamentar. “Podemos dizer que Santa Catarina é a segunda casa dele, que o acolheu e garantiu muitas oportunidades a ele a sua família, mas também deu muito em troca.”

Nascido em Lisboa, em 11 de outubro de 1968, José Baltazar Salgueirinho Osório de Andrade Guerra é formado em Economia pela Universidade Autônoma de Lisboa Luis de Camões. Possui mestrado Desenvolvimento Social e Econômico pela Universidade Técnica de Lisboa e doutorado em Relações Internacionais pela Universidade de Sophia, na Bulgária.

Atualmente, é professor permanente e pesquisador dos Programas de Pós-Graduação e dos Mestrados em Administração e em Ciências Ambientais, da Universidade do Sul de Santa Catarina (Unisul), onde também dirige o Centro de Desenvolvimento Sustentável/Grupo de Pesquisa em Eficiência Energética e Sustentabilidade (Greens). Também é professor na Faculdade Cesusc, em Florianópolis.

O homenageado desenvolve pesquisas principalmente na área de energias renováveis, com ênfase na produção de energia solar. Entre 2012 e 2014, ele coordenou a pesquisa que transformou a Escola de Educação Básica (EEB) Roberto Schütz, em Rancho Queimado, na Grande Florianópolis, na primeira escola pública do Brasil a funcionar com energia solar. Além de atender a demanda, a energia produzida na escola era colocada na rede de distribuição e vendida para a Celesc, transformando-a numa miniusina.

Marcelo Espinoza
Agência AL

Voltar