Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
00:15 Sessão Ordinária
Ao vivo

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
01/07/2015 - 16h49min

Níkolas Reis assume cadeira de Rodrigo Minotto por 60 dias

Imprimir Enviar
Níkolas Reis presta juramento. FOTO: Eduardo Guedes de Oliveira/Agência AL

Com o objetivo principal de trabalhar pela região de Itajaí, o advogado Níkolas Reis (PDT) foi empossado, na tarde desta quarta-feira (1º), na Assembleia Legislativa, na vaga do deputado Rodrigo Minotto (PDT), que ficará 60 dias de licença do Parlamento catarinense por motivos particulares. Níkolas é o terceiro suplente da coligação Frente Popular, composta por PDT, Pros, PTB, PCdoB, PSDC e PV, e que conquistou duas cadeiras de deputado estadual na eleição do ano passado.

No discurso de posse, o novo deputado destacou a importância de representar, mesmo que por um período curto de tempo, sua cidade, Itajaí, e seu partido na Assembleia Legislativa. “Vamos atender as demandas mais importantes de Itajaí, referentes ao porto, mobilidade urbana, segurança pública, educação, saúde”, comentou o Níkolas. “Vou ser um parceiro do prefeito [de Itajaí] Jandir Bellini.”

Níkolas recebeu as boas-vindas de vários deputados. “Está altamente preparado para exercer o mandato”, resumiu Leonel Pavan (PSDB), que destacou a importância da Foz do Rio Itajaí ter mais um representante no Parlamento. Maurício Eskudlark (PSD), Ana Paula Lima (PT), Mário Marcondes (PR), Luiz Fernando Vampiro (PMDB) e Gabriel Ribeiro (PSD) também se manifestaram.

Níkolas Reis Moraes dos Santos tem 33 anos e passa a ser o mais jovem parlamentar da atual legislatura da Assembleia. Em Itajaí, sua base eleitoral, foi vereador, onde exerceu a liderança do governo, entre 2005 e 2008. Em 2012, foi candidato a prefeito. Na eleição de 2014, candidatou-se a deputado estadual pela primeira vez e somou 12.860 votos, ficando com a terceira suplência.

Os dois primeiros suplentes da coligação, Ivan Naatz e Elvis Jevis Manoel, não puderam assumir a cadeira na Assembleia porque atualmente são vereadores em Blumenau e Criciúma, respectivamente, e teriam que renunciar a seus atuais cargos para exercer o mandato de deputado.

(com informações de Vítor Santos, da Agência AL)
 

 

Marcelo Espinoza
Agência AL

Saiba Mais

Voltar