Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ouvir
00:05 Programação Musical

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
14/11/2017 - 11h51min

Dirigente destaca os 35 anos de criação do Sindicato dos Bancários de Chapecó

Imprimir Enviar
Azulmir Rossari, do Sindicato dos Bancários de Chapecó e Região
FOTO: Vitor Shimomura/Agência AL

Atendendo a requerimento do deputado Cesar Valduga (PCdoB), a sessão plenária da manhã desta terça-feira (14) foi suspensa para que Azulmir Rossari, representante de comunicação do Sindicato dos Bancários de Chapecó e Região, discorresse acerca dos 35 anos de criação da entidade.

De acordo com o dirigente, os primeiros passos rumo à organização da categoria na região remontam a 1957, ano em que quando foi criado o Sindicato dos Bancários do Oeste Catarinense, com sede em Joaçaba.

Com o passar dos anos, disse, Chapecó despontou como principal centro urbano do Oeste e no início da década de 1980, com algumas centenas de bancários já trabalhando na cidade, foi implementada uma associação da categoria, entidade que assumiria a condição de sindicato no ano de 1983.

De acordo com Rossari, a participação nas sucessivas greves nacionais de 1985, 1986 e 1987 impulsionaram a expansão do movimento sindical na região e a luta por direitos sociais. “Alguns dos fatos mais marcantes nestas mais de três décadas de história confundem-se com a própria história do país, como a luta pela democracia, inclusão social e pela ampliação dos direitos da classe trabalhadora.”

Já mais recentemente, nas décadas de 1990 e 2000, as mobilizações estiveram mais direcionadas contra as demissões no setor e alterações nas normas trabalhistas. “A atuação sindical precisou articular estratégias de resistência para garantir direitos e a permanência das instituições públicas.” 

Por fim, ele enalteceu a trajetória da entidade e os profissionais que contribuíram para o seu desenvolvimento. “Ao percorrer todos esses anos, nos orgulhamos em afirmar que herdamos uma longa e bela história de resistência. Hoje somos mais de mil bancários filiados ao Sindicato dos Bancários de Chapecó de Região e nesses 35 anos agradecemos a todos aqueles que se dedicaram e ainda se dedicam com determinação e engajamento pela classe trabalhadora.”

Já Valduga afirmou que o Sindicato dos Bancários de Chapecó, por sua atuação ao longo dos anos, vem se constituindo em exemplo para outros setores funcionais presentes na região Oeste do estado. “Foram 35 anos de muitas lutas, mas também de muitas vitórias e conquistas, construídas por muitas mãos. E nesses anos todos, outros sindicatos vieram se espelhar neste trabalho para auxiliar outras categorias.”

 

 

Alexandre Back
Agência AL

Voltar