Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
10:00 Comissão de Constituição e Justiça
Ao vivo

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
18/12/2019 - 17h33min

Deputados aprovam orçamento e rejeitam emenda de R$ 100 mi para PMSC

Imprimir Enviar

FOTO: Rodolfo Espínola/Agência AL

Por unanimidade foi aprovado o Projeto de Lei nº 352/2019, do Executivo, que estima a receita e fixa a despesa do estado para o exercício financeiro de 2020. Em seguida, por 23 votos a 13, os parlamentares rejeitaram emenda de R$ 100 milhões para reajuste salarial da PMSC durante a sessão de quarta-feira (18) da Assembleia Legislativa.

“Trata-se de uma decisão salomônica, para ver quem ama o seu verdadeiro filho. O legislador sempre tem de estar com a lei em uma mão e a justiça na outra, a decisão estava na minha mão e toda vez que se fizer necessário fazer justiça, vou deixar a lei de lado e abraçar a justiça. Esses R$ 100 milhões cobrem 4,7%, para cobrir os 38% seriam necessários mais de R$ 700 milhões, não estou colocando a faca no pescoço de ninguém”, justificou Sargento Lima (PSL), autor da emenda rejeitada.

“Como se faz uma emenda para que só uma categoria seja atendida? Está se tirando da polícia civil, do agente penitenciário, o estado tem de fazer tudo, mas para todos os servidores, a emenda é discriminatória”, advertiu Maurício Eskudlark (PL).

De acordo com o texto aprovado, o Tesouro estimou para 2020 uma receita de  R$ 28.919.324.198,00 (vinte e oito bilhões, novecentos e dezenove milhões, trezentos e vinte e quatro mil e cento e noventa e oito reais) e fixou as despesas em R$ 29.723.563.952,00 (vinte e nove bilhões, setecentos e vinte e três mil, quinhentos e sessenta e três mil e novecentos e 52 reais), totalizando um déficit de R$ 804 milhões.

Também foi aprovado Projeto de Lei nº 305/2019, do Executivo, que institui o Plano Plurianual (PPA) para o quadriênio 2020-2023. Na oportunidade foi rejeitada emenda ao PPA proposta pelo deputado Sargento Lima, que destinava R$ 100 milhões para o pagamento de reajuste salarial à Polícia Militar.

Hora de agradecer
Ricardo Alba (PSL) agradeceu as conquistas e aprendizados em 2019 e destacou a convivência com os colegas.

“Estamos agradecendo um ano de muito trabalho, conquistas e aprendizados, convivendo com deputados mais experientes, alguns que já foram prefeitos, outros que passaram por vários governos, aqui produzimos muitos resultados”, avaliou Alba, que ressaltou os projetos de leis que apresentou sobre barragens, dos brinquedos adaptados e do parcelamento de taxas e multas de trânsito.

Seleção de ACTs é questionada
A deputada Luciane Carminatti (PT) denunciou que o processo seletivo para professores ACTs da Secretaria de Estado da Educação (SED) está sendo questionado pelos professores.

“Tem chegado um grande número de denúncias com questões mal formuladas, questões com dubiedades, conteúdos não previstos no edital e questões plagiadas de outros concursos. Sugerimos que a SED faça licitação que não envolva apenas menor preço, mas também capacidade técnica”, declarou Carminatti.

Feliz natal
Julio Garcia (PSD), presidente da Casa, Marcos Vieira (PSDB), Fabiano da Luz (PT), Doutor Vicente Caropreso (PSDB), Ada de Luca (MDB), Rodrigo Minotto (PDT), Ricardo Alba, Ismael dos Santos (PSD), Jose Milton Scheffer (PP), Altair Silva (PP), Volnei Weber (MDB), Felipe Estevão (PSL) e Ivan Naatz (PV) desejaram aos colegas deputados, servidores da Alesc, colaboradores e aos catarinenses um feliz natal, com saúde, trabalho e paz.

 

 

Vítor Santos
Agência AL

Voltar