Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
23:15
Ao vivo

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
20/03/2018 - 12h10min

Clube de Regatas Aldo Luz faz 100 anos e recebe homenagem da Alesc

Imprimir Enviar
Peça da exposição sobre os 100 anos do clube de remo; mostra na Alesc integra a comemoração do centenário
FOTO: Solon Soares/Agência AL

O Clube de Regatas Aldo Luz, de Florianópolis, recebeu na noite desta segunda-feira (19) uma homenagem da Assembleia Legislativa de Santa Catarina. Neste ano, a agremiação responsável por revelar vários atletas de remo de renome internacional faz 100 anos.

A homenagem, realizada por meio de um ato parlamentar solene no Plenário Deputado Osni Régis, reuniu sócios e atletas do Aldo Luz e de outros dois clubes de remo da cidade - Francisco Martinelli e Riachuelo – além de representantes da Marinha do Brasil e da Federação Catarinense de Remo. A solicitação partiu do suplente de deputado Roberto Salum (PRB), que exerceu mandato no Parlamento catarinense até semana passada, e foi presidida pelo deputado Rodrigo Minotto (PDT).

“É um reconhecimento mais que merecido a um trabalho que já tirou mais de mil jovens da rua, com pouca ajuda do governo”, afirmou Salum, referindo-se aos projetos sociais mantidos pelo Aldo Luz. “São 100 anos de história mostrando que a importância do esporte. Por isso, devemos muito ao Aldo Luz por tirar jovens da rua e estimulá-los na prática do esporte.”

O presidente do clube, Adriano Miranda, afirmou que o Aldo Luz mantém projetos voltados para estudantes de 12 a 18 anos de idade interessados na prática do remo. Praticantes de outras idades também têm espaço no clube. “Estamos abertos para qualquer pessoa de 8 a 80 ou mais anos, que queira conhecer o clube e o remo”, afirmou o dirigente.

Miranda, que é oficial da Aeronáutica reformado, comentou que o clube também é referência do remo adaptado, voltado a paratletas. Ele mesmo já disputou os jogos paralímpicos e representou o Aldo Luz em competições internacionais.

“Temos vários campeões mundiais e tantos atletas que já tiveram em todos os continentes”, comentou. “Ficamos muito felizes em poder marcar essa data tão história para o remo de Santa Catarina e do Brasil com esse reconhecimento da Assembleia.”

Na solenidade, vários atletas e sócios do clube foram homenageados, entre eles o remador Sady Beber, um dos principais nomes da modalidade, que faleceu em 2015.

O clube Aldo Luz conta atualmente com aproximadamente 100 sócios, entre atletas e colaboradores. A agremiação foi fundada em 27 de dezembro de 1918 com o nome Club de Regatas Florianópolis. Em 1919, teve seu nome alterado para Aldo Luz, em uma homenagem ao seu fundador, que era filho do ex-governador Hercílio Luz e faleceu naquele mesmo ano.

Exposição
Além do ato parlamentar solene, uma exposição no hall do Palácio Barriga Verde marca os 100 anos do clube de regatas. Conforme André Arthur Dutra, atleta do remo adaptado e organizador da mostra, são quase 40 peças, entre barcos, troféus, medalhas, fotografias históricas e reportagens de jornais que contam um pouco da trajetória do Aldo Luz.

“É uma exposição bem interativa, voltada para as pessoas mais antigas que presenciaram o remo desde seus primórdios e para a juventude”, comenta. “Temos barcos antigos e novos, que mostram como nossa estrutura evoluiu ao longo desses 100 anos.”

Um dos destaques da mostra é um barco a remo usado na época da fundação do clube, em 1918, construído em madeira. A exposição está aberta ao público de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas, no hall principal da Assembleia Legislativa.

Marcelo Espinoza
Agência AL

Voltar