Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
22:30 Destaques da Semana
Ao vivo

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
16/07/2019 - 22h01min

Assembleia homenageia dez anos do curso de Educação do Campo

Imprimir Enviar
Solenidade foi realizada na noite desta terça-feira (16)
FOTO: Lisandrea Costa

A Assembleia Legislativa homenageou, na noite desta terça-feira (16), o curso de Licenciatura em Educação do Campo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) pela passagem dos dez anos de fundação. Por iniciativa da deputada Luciane Carminatti (PT), foi aprovada uma moção de aplauso, representada por uma placa e certificados de homenagem, que foram entregues a 15 pessoas, entidades e movimentos sociais.

O curso forma educadores para atuação na educação básica, especificamente para as séries finais do ensino fundamental e para o ensino médio em escolas do campo. Para Luciane, o curso representa um movimento de resistência a uma tentativa de urbanização forçada da população rural que quer estudar.

“Os alunos muitas vezes andam de transporte escolar quilômetros e quilômetros porque o prefeito resolve colocar esses alunos numa via urbana, desrespeitando a comunidade, a cultura local, os saberes do campo. Nós estamos dizendo que, apesar disso tudo, há um movimento em Santa Catarina de resgate, de valorização e de preservação da dignidade que tem no campo”, afirmou a parlamentar.

De acordo com a deputada – que preside a Comissão de Educação, Cultura e Desporto da Assembleia – o estímulo à formação de professores demonstra uma disposição para fortalecer as escolas do campo. “Obviamente que se a gente quer formar professores para atuar na educação do campo é porque a gente quer ter escola do campo aberta. Então acho que tem um significado muito grande para justamente combater esse processo todo de urbanização e de fechamento das escolas do campo”, disse Carminatti.

Resposta a demandas
O professor Antonio Munarim, um dos fundadores do curso, destacou a importância da iniciativa, que começou em 2006 com um projeto piloto e depois foi estendido a algumas universidades, entre elas, a UFSC. Segundo Munarim, a criação da licenciatura foi uma resposta à reivindicação de organizações e movimentos sociais que pediam uma formação inicial de professores de maneira adequada à vida e às escolas do campo e às escolas do campo.

“A importância maior está primeiro em atender uma demanda de professores habilitados para o campo; segundo, que esta habilitação venha de maneira adequada às solicitações dos sujeitos sociais do campo, de forma que se supra uma lacuna histórica na educação rural, que era absolutamente inadequada aos interesses dos camponeses”, explicou o professor, que falou na cerimônia em nome de todos os homenageados.

Na visão da chefe do departamento de Educação do Campo, professora Graziela Del Monaco, o curso “é a oportunidade que diversos jovens e adultos puderam de ter acesso à universidade pública e gratuita” sem precisar sair de suas cidades. “Nestes dez anos, desenvolvemos o curso aqui no campus da Trindade, mas também fora, no Planalto Norte, na região da Grande Florianópolis, na encosta da Serra Geral. A gente agora está com uma turma na região do Contestado”, comemorou.

O legado para Santa Catarina, de acordo com a professora, está representado pelo grande número de formados nestes anos. “Não só professores, mas outras pessoas que atuam no campo, em outros espaços educativos, na gestão da educação, egressos que já são professores de outras instituições de ensino superior”, disse Graziela, entusiasmada com a homenagem promovida pelo Legislativo estadual. “Para nós é uma grande alegria comemorar estes dez anos por todas essas conquistas para o estado e o Brasil”, completou.

Confira a lista dos homenageados

Professor Dr. Antonio Munarim
Pela defesa incondicional, contínua do direito dos povos do campo a uma educação pública, gratuita e de qualidade. Por ser, na UFSC, educador protagonista na concepção, criação e consolidação da Licenciatura em Educação do Campo.

Professor Dr. Wilson Schmidt
Pela participação nas ações, iniciais, necessárias e indispensáveis, de concepção, criação e consolidação da Licenciatura em Educação do Campo na UFSC.

Professora Dra. Beatriz Bittencourt Collere Hanff
Por sua participação nas ações, iniciais, necessárias e indispensáveis, de concepção, criação e consolidação da Licenciatura em Educação do Campo na UFSC.

Professora Dra. Terezinha Maria Cardoso
Por sua participação nas ações, iniciais, necessárias e indispensáveis, de concepção, criação e consolidação da Licenciatura em Educação do Campo na UFSC.

Reitor Prof. Dr. Ubaldo Cesar Balthazar
Em reconhecimento ao apoio, ao longo de dez anos, da administração da Universidade Federal de Santa Catarina à criação, consolidação e funcionamento da Licenciatura em Educação do Campo.

Professor Dr. Antônio Alberto Brunetta
Em reconhecimento ao apoio, ao longo de dez anos, do Centro de Ciências da Educação da UFSC à criação, consolidação e funcionamento da Licenciatura em Educação do Campo.

Professor Dr. Walter Quadros Seiffert
Em reconhecimento ao apoio, ao longo de dez anos, do Centro de Ciências Agrárias da UFSC à criação, consolidação e funcionamento da Licenciatura em Educação do Campo.

Professora Maria de Lourdes Brehmer
Por seu empenho na implantação de uma política pública de Educação do Campo no município de Canoinhas e por sua contribuição determinante à “interiorização” da Licenciatura em Educação do Campo e, mais especificamente, à efetivação da Terceira Turma: “Planalto Norte” – Canoinhas

Celso Heidemann
Por sua contribuição determinante à “interiorização” da Licenciatura em Educação do Campo e, mais especificamente, à efetivação da Quarta Turma: “Encostas da Serra Geral” – Santa Rosa de Lima.

Amplanorte
Em reconhecimento ao apoio da entidade, através de seus municípios membros, à “interiorização” da Licenciatura em Educação do Campo e, mais especificamente, à efetivação da Terceira Turma: “Planalto Norte” – Canoinhas, e da Sexta Turma: “Planalto Norte” – Rio Negrinho e Mafra

Prefeitura de Alfredo Wagner
Por sua contribuição determinante à “interiorização” da Licenciatura em Educação do Campo e, mais especificamente, à efetivação da Oitava Turma: Alfredo Wagner e Bom Retiro.

Escola Estadual de Educação Básica Vinte e Cinco de Maio
Por sua contribuição determinante à “interiorização” da Licenciatura em Educação do Campo e, mais especificamente, à efetivação da Décima Turma: Contestado2 – Fraiburgo / Assentamento Vitória da Conquista.

CaleCampo - Coletivo Acadêmico de Licenciatura em Educação do Campo
Em reconhecimento à participação ativa dos estudantes e de sua organização na construção cotidiana, em dez anos, da Licenciatura em Educação do Campo na UFSC.

Acecampo – Articulação Catarinense por uma Educação do Campo
Em reconhecimento à articulação estadual, em Santa Catarina, do esforço coletivo em defesa da educação pública de qualidade no e do campo.

Via Campesina
Em reconhecimento à luta internacional pela defesa dos povos do campo e, localmente, à defesa da educação pública de qualidade no e do campo. Que os próximos dez anos signifiquem a consolidação de uma efetiva e produtiva parceria.

Marcelo Santos
Agência AL

Voltar