Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
18/07/2014 - 14h34min

Sopelsa quer barreiras sanitárias emergenciais no oeste catarinense

Imprimir Enviar

A instalação de barreiras sanitárias temporárias nos municípios de Alto Bela Vista e Itapiranga foi solicitada esta semana pelo deputado Moacir Sopelsa (PMDB) à Secretaria da Agricultura e à Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola (Cidasc), por meio de indicação aprovada em plenário na Assembleia Legislativa. O parlamentar pede a providência em regime de urgência para viabilizar um corredor sanitário a produtos de origem animal provenientes do Rio Grande do Sul, em razão dos desvios emergenciais adotados por transportadores desde a interrupção de trechos das BR-153, em Marcelino Ramos (RS), próximo a Concórdia, e na BR-158, em Iraí, próximo a Palmitos. Como alternativas são utilizadas travessias pela SC-469, a partir de Alto Bela Vista, e pela BR-163, no extremo-oeste, utilizando a balsa em Itapiranga.

“Não podemos fiscalizar para impedir o transporte de cargas, mas facilitar, com o despacho temporário, em razão da situação inusitada, beneficiando o tráfego dos produtos e, por consequência, dos transportadores”, explica Sopelsa.

O assunto foi levado ao conhecimento do governo estadual, da Secretaria da Agricultura e Cidasc, com a expectativa de solução imediata, para durar até a liberação das rodovias federais que servem como principais ligações entre Sul e Norte no meio-oeste e extremo-oeste. “Estamos vivendo uma situação atípica, pois depois das chuvas estamos enfrentando uma situação ainda mais complicada com a morosidade com que estão sendo tratadas as restaurações dessas importantes ligações rodoviárias”, observa o deputado. “Diante da situação posta, é preciso encontrar soluções razoáveis para minimizar os prejuízos de todos”, ele reforça.

 


Assessoria da Bancada do PMDB

Evory Pedro Schmitt (48) 9922.0359

Acompanhe Moacir Sopelsa


http://www.alesc.sc.gov.br/moacirsopelsa
Voltar