Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
08:30
Ao vivo

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
22/11/2017 - 17h22min

Seminário nesta quinta-feira (23) marca início do Projeto Rios em Florianópolis

Imprimir Enviar

Em comemoração ao Dia do Rio em Santa Catarina (24 de novembro – Lei 13.748/2006), acontece na próxima quinta-feira (23), a partir das 9h, em Florianópolis, o Seminário Bioma Mata Atlântica e a Água em SC.

A atividade marca o lançamento do Projeto Rios em Florianópolis, iniciativa que nasceu na Espanha, seguiu para Portugal e França, e agora chega ao Brasil a partir da união de diversos movimentos e entidades. O arcebispo Wilson Tadeu Jönck é uma das presenças confirmadas na abertura do Seminário.

O presidente do Fórum para Preservação do Aquífero Guarani e das Águas Superficiais, deputado Padre Pedro Baldissera, explica que o objetivo do projeto Rios é mobilizar grupos, nas comunidades, para o diagnóstico, recuperação e preservação de rios que são importantes em diversas regiões do Estado. “Temos problemas graves de poluição, e isso fica claro com a pequena quantidade de esgoto que é coletado e tratado no Estado. O envolvimento da população alcançou ótimos resultados em outros países e esperamos o mesmo aqui em Santa Catarina”, explicou o parlamentar.

O projeto que resultou na lei do Dia do Rio foi apresentado por Padre Pedro exatamente com o objetivo de ampliar o debate, no Estado, sobre a importância da preservação dos mananciais hídricos. “Nós não observamos um debate aprofundado sobre o tema e queremos colocar isso em pauta, todos os anos, no dia 24 de novembro”, afirmou.

Seminário
O Seminário abordará aspectos científicos e práticos do Bioma Mata Atlântica e sua relação com a água no Estado. A primeira conferência, “Biomas da Mata Atlântica e Águas”, será conduzida pelo professor Dr. Ademir Reis. A segunda atividade é a apresentação da metodologia do Projeto Rios, com Fernando Anísio Batista, da Ação Social Arquidiocesana (ASA). O professor Dr. Márcio Cardoso fala sobre o Plano Estadual de Recursos Hídricos à tarde, e logo após acontece a Oficina do Projeto Rios, tendo como painelistas Aline Luiza Tomazi; Isadora Zinnke, Tiago Manenti Martins e William Wollinger Brenuvida.

Além do Seminário, uma Oficina do Projeto Rios está programada para o sábado (25),na Lagoinha Pequena (Av. Campeche – Florianópolis). No local as pessoas podem aprender métodos práticos de avaliação da qualidade da água e das condições ambientais dos rios, além de informações sobre como organizar o projeto na sua comunidade.

Projeto Rios
Implementado na Espanha, França e Portugal há mais de uma década, o Projeto Rios é baseado no envolvimento voluntário da sociedade no diagnóstico, recuperação, preservação e fiscalização de trechos dos rios.

O primeiro passo é um pequeno grupo da comunidade “adotar” uma área do córrego ou rio que é importante para aquela região. Depois, a partir de um método simples e que envolve poucos recursos, é feito o diagnóstico dos problemas encontrados. Então são definidas as ações necessárias à recuperação e preservação do rio, com o acompanhamento de voluntários. No caso de SC, são especialistas em recursos hídricos de universidades e comitês de bacias.

A ideia é alcançar resultados expressivos na fiscalização e na recuperação dos rios, com a despoluição e retomada das condições naturais de cada manancial hídrico.

Cada comunidade pode organizar atividades como visitas aos rios para coleta de amostras e avaliação das ameaças, formação de monitores, ações de limpeza e conservação, conscientização de crianças e jovens, entre outras propostas de atuação em favor do rio.

Realização e apoio
A realização é do Fórum para Preservação do Aquífero Guarani e das Águas Superficiais, Escola do Legislativo, Comissão de Turismo e Meio Ambiente, Assembleia Legislativa, com o apoio da CNBB Sul 4, Cáritas, Arquidiocese de Florianópolis, Escoteiros de Santa Catarina e Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB).

PROGRAMAÇÃO

9h – Abertura - Mística / Composição da Mesa

9h 30 – Biomas da Mata Atlântica e Águas
Prof. Dr. Ademir Reis - UFSC

11h 30 – Metodologia do Projeto Rios
Fernando Anísio Batista – Ação Social Arquidiocesana

13h 30 – Plano Estadual de Recursos Hídricos -
Prof. Dr. Márcio Cardoso

Oficina do projeto Rios -
Painelistas Aline Luiza Tomazi; Isadora Zinnke;Tiago Manenti Martins;
e William Wollinger Brenuvida

Debate e encaminhamentos

17h – Encerramento

--
(48)9947-2049
(48)3221-2726
Comunicação
Mandato Popular
Deputado Padre Pedro Baldissera

Acompanhe Padre Pedro Baldissera


Padre Pedro Baldissera
Voltar