Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
22:45 Palavra Aberta
Ao vivo

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
22/05/2018 - 15h53min

Projeto de Lei quer reconhecer SC como berço da imigração italiana

Imprimir Enviar

Relator da Matéria, deputado Serafim Venzon deu parecer favorável ao projeto.

A Comissão de Educação, Cultura e Desporto aprovou por unanimidade o projeto de lei que reconhece a Colônia Nova Itália, no município de São João Batista, como pioneira da imigração italiana no Brasil. O relator da matéria foi o deputado estadual Serafim Venzon (PSDB). O projeto segue agora para Plenário.

O Projeto de Lei quer reconhecer Santa Catarina como berço da imigração italiana no Brasil. O objetivo é contrapor a Lei Federal 13.617/2018, que atribui o título ao município de Santa Teresa, no Espírito Santo. “A Assembleia Legislativa deu mais um passo para corrigir essa distorção histórica”, pontua Venzon.

Documentos históricos mostram que Colônia Nova Itália foi fundada em março de 1836. O local recebeu 186 imigrantes italianos vindos no navio Correio e aportaram no porto de Desterro e colonizaram a região do Vale do Rio Tijucas-Grande. Dos italianos que chegaram neste navio, 132 se estabeleceram e fundaram a Colônia em São João Batista. Ao longo dos anos, a Colônia recebeu mais imigrantes. Já a colonização no Espírito Santo, de acordo com historiadores, ocorreu quase 38 anos mais tarde, a partir de 21 de fevereiro de 1874, com a chegada do navio La Sofia no porto de Vitória, trazendo 388 camponeses oriundos do império austro-húngaro e da região do Vêneto.

--
Assessoria de Imprensa
Ana Maria Leal da Veiga
Deputado Estadual Serafim Venzon
(48) 9633-4105
(48) 3221.2717

Acompanhe Serafim Venzon


Serafim Venzon
Voltar