Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
19:00
Ao vivo

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
06/03/2018 - 14h55min

Projeto de Lei quer proibir propagandas que estimulem preconceito e violência contra a mulher

Imprimir Enviar
Valduga apresenta projeto que proíbe propaganda que incentive abuso sexual
FOTO: Solon Soares/Agência AL

Começou a tramitar na Assembleia Legislativa de Santa Catarina o projeto de Lei 40.9/2018, de autoria do deputado Cesar Valduga (PCdoB), que estabelece multa a quem contratar, elaborar ou veicular peças publicitárias com conteúdo misógino, sexista ou machista, que incentive qualquer tipo de preconceito, segregação, agressão ou violência sexual contra a mulher em Santa Catarina.

Outdoors, folhetos, cartazes, peças para rádio, televisão ou redes sociais que estimulem a violência sexual, o estupro e fomente o preconceito contra a mulher poderão motivar multa entre R$ 2 mil e R$ 20 mil, dobradas a cada reincidência.

Segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública de 2017, Santa Catarina é o quinto estado em casos de abuso sexual, apresentando a maior taxa de tentativas de estupro no país, 10,4 para cada 100 mil habitantes.

O parlamentar é autor de dezenove projetos de Lei sobre direitos femininos, proteção e equiparação salarial entre mulheres e homens. “Damos continuidade ao trabalho em defesa das mulheres iniciado por nosso partido com o mandato da deputada Angela Albino na Alesc, que teve importantes projetos aprovados, como a Lei das Doulas e a Lei contra a Violência Obstétrica”, complementou o parlamentar.

Acompanhe César Valduga


César Valduga
Voltar