Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ouvir
00:05 Programação Musical

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
06/12/2017 - 17h03min

Alesc derruba veto ao PL que declara Terno de Reis Patrimônio Cultural

Imprimir Enviar

FOTO: Solon Soares/Agência AL

Projeto de Lei é de autoria da deputada Ana Paula Lima (PT) e homenageia tradição de 269 anos presente em Santa Catarina

Os deputados estaduais derrubaram na sessão desta quarta-feira (06), por unanimidade, o veto do governador ao Projeto de Lei 0063.5/2017, que declara integrante do Patrimônio Cultural e Imaterial de Santa Catarina o Terno de Reis.

A votação da derrubada do veto foi acompanhada por cinco grupos de Terno de Reis de Santa Catarina, que durante o dia se apresentaram nos corredores e hall de entrada da Assembleia Legislativa: Família Dias, de Blumenau; Estrela do Oriente de Morrinhos, de Bombinhas; Os Reis Magos, de Luiz Alves; Os Cantores da Paz, de Itajaí; e Estrela Guia, de Navegantes.

A folia de reis, reisado ou ainda festa dos santos reis, como é chamada em outros estados brasileiros, é uma tradição que conta com 269 anos em Santa Catarina e é praticada em diversos municípios catarinenses. A tradição de cantar aos reis magos chegou com os açorianos no século 18 e continua muito presente em todo litoral catarinense, de Norte a Sul.

“O Terno de Reis é um bem cultural de natureza imaterial que remonta às origens históricas da nossa gente, herdeiro das tradições açorianas e estreitamente vinculado com a religião católica. Sem dúvida alguma a folia de reis é forte referência à identidade e à memória de um dos grupos formadores do povo de Santa Catarina”, destacou a deputada.

Com a promulgação da lei, tornando o terno de Reis Patrimônio Cultural e Imaterial de Santa Catarina, os grupos esperam maior visibilidade e valorização dessa manifestação. “Hoje é um momento muito importante, pois até hoje não éramos valorizados. A valorização era para todos os outros ritmos, mas o nosso movimento não. Estamos muito gratos à deputada Ana Paula por liderar esse movimento.
Agora sabemos que não estamos sozinhos”, disse Sílvio José Keunecke Ingnácio de Mendonça, coordenador do grupo Os Cantores da Paz, de Itajaí.

A proposta agora será encaminhada ao governador do Estado para promulgação da lei.

 

Assessoria de Imprensa
Deputada Ana Paula Lima
Lucimara Cardozo - Florianópolis (47) 99696 0969
Irene Huscher - Blumenau (47) 3226-2782

Acompanhe Ana Paula Lima


Ana Paula Lima
Voltar