Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
00:15 Sessão Ordinária
Ao vivo

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
21/02/2018 - 17h30min

Padre Pedro pede reativação de Registro da Atividade Pesqueira

Imprimir Enviar

O deputado Padre Pedro Baldissera encaminhou solicitação, na quarta-feira (21), ao Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços e à Secretaria da Aquicultura e Pesca, para que restabeleçam o Sistema Eletrônico de Registro Geral da Atividade Pesqueira (SISRGP), fundamental para a regularização dos pescadores e pescadoras em Santa Catarina. Conforme Padre Pedro, o Estado é o principal pólo pesqueiro do país, o maior produtor de moluscos cultivados e pescados, e no entanto quem atua no setor encontra sérias dificuldades para trabalhar em razão do SISRGP.

O Registro Geral da Atividade Pesqueira (RGP) foi criado há 51 anos pelo Decreto-Lei nº 221, de 28 de fevereiro de 1967, e desde então é o instrumento de gestão organizado e mantido pelo Governo Federal. O RGP garante, por exemplo, a carteira profissional do pescador artesanal, que permite o recebimento de benefícios sociais, entre eles o seguro defeso. Desde a extinção do Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA) e a vinculação da pasta ao Ministério da Indústria e Comércio, os problemas se acumulam.

“O RGP permite que o profissional esteja habilitado para exercer a atividade aquícola e respectivamente apto também a ter acesso a créditos e financiamentos. A desativação aconteceu em janeiro último e causa muitos transtornos para os trabalhadores”, explicou. Padre Pedro ainda reclama que nenhuma data foi divulgada para o restabelecimento do sistema, o que causa apreensão em uma das principais cadeias produtivas catarinenses.

Acompanhe Padre Pedro Baldissera


Padre Pedro Baldissera
Voltar