Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
12:45 Jornal da Tarde
Ao vivo

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
20/06/2018 - 18h31min

Pe. Pedro destaca avanços em debates de jornada de plantas medicinais

Imprimir Enviar
Deputado Padre Pedro Baldissera

O deputado Padre Pedro Baldissera (PT) destacou, no plenário da Assembleia Legislativa, na terça-feira (19), os debates da VIII Jornada Catarinense de Plantas Medicinais e Fitoterapia, cujo enfoque foi a relação entre conhecimentos científicos, saberes tradicionais e a implementação de políticas públicas no setor. O parlamentar parabenizou a atuação da Associação Catarinense de Plantas Medicinais e da Pastoral Saúde de Santa Catarina na organização do evento, que contou com a participação de mais de 400 estudantes, pesquisadores, representantes de movimentos, entidades e de projetos que atuam na área das práticas integrativas e complementares em saúde.

“Apesar do nosso desrespeito com a natureza, ela tem muito a nos ensinar. Os debates da VIII Jornada de Plantas Medicinais e Fitoterapia mostraram isso reunindo universidades, cientistas e representantes de organizações e movimentos do campo popular. E esse trabalho não se restringe à fitoterapia, mas a uma série de práticas integrativas já reconhecidas pelo SUS”, afirmou Padre Pedro.
Na avaliação de Padre Pedro, a VIII Jornada das Plantas Medicinais e Fitoterapia lança bases para este debate de um novo modelo de saúde, a partir de uma perspectiva que valoriza os saberes tradicionais, em consonância com estudos e pesquisas científicas. “A Jornada apresenta caminhos para o desafio de utilizar a natureza, de forma embasada e sustentável, em favor da saúde coletiva”, analisa o parlamentar.

Baixo investimento em prevenção
O parlamentar retomou a crítica ao modelo de saúde praticado majoritariamente no País, que despeja recursos no tratamento das doenças, mas não se preocupa com a prevenção e com a adoção de medidas que reduziriam custos e o sofrimento de milhares de pessoas. “É um modelo que não defende a vida, o bem estar das famílias e comunidades. Se continuarmos sem uma visão global da saúde, que começa no ar, na água, na alimentação, na mudança de hábitos cotidianos, e também com medidas amplas, como a redução da utilização de agrotóxicos, vamos gastar recursos sem salvar vidas”, criticou Padre Pedro.
Um dos exemplos citados pelo parlamentar é o alto índice de casos de câncer nos estados com maior consumo de agrotóxicos. “Os pesquisadores estão analisando estes dados e apontando a relação entre o consumo indiscriminado de agrotóxicos e o aumento dos casos de câncer. E o que nós vemos como resposta ao sofrimento de milhares de pessoas, é a discussão de um projeto que retira ainda mais os limites para comercialização e utilização de veneno no País”, analisa Padre Pedro. Em 2017 o Brasil gastou cerca de R$ 130 bilhões na área da saúde, que foram insuficientes para garantir o bem estar e o acesso da população aos serviços.


(48)9947-2049
(48)3221-2726
Comunicação
Mandato Popular
Deputado Padre Pedro Baldissera

Acompanhe Padre Pedro Baldissera


Padre Pedro Baldissera
Voltar