Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
00:15 Sessão Ordinária
Ao vivo

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
09/04/2018 - 11h40min

Marcos Vieira defende ação para setor automotivo com o próximo ministro da Fazenda

Imprimir Enviar
Deputado Marcos Vieira em reunião em Brasília

O deputado Marcos Vieira (PSDB) participou de uma audiência com o próximo ministro da Fazenda Eduardo Guardia, junto com o governador Eduardo Moreira e os senadores Dalírio Beber, Paulo Bauer e Dário Berger.

O encontro com Guardia, que toma posse no Ministério nesta terça-feira (10/04) substituindo Henrique Meirelles, aconteceu na semana passada em Brasília e teve como tema principal medidas para o setor automotivo. Santa Catarina será beneficiada por causa da fábrica da BMW, instalada em Araquari, no Norte do Estado.

Representando a Alesc, Marcos Vieira ressaltou que os incentivos para a indústria atingem não só a indústria automotiva, mas também a economia com um todo. “Pois os setores adjacentes, de peças, serviços, de revendas e inclusive o consumidor, são beneficiados com o aumento da produção e com uma possível estabilização ou redução de preço dos automóveis, sem falar na geração e manutenção dos postos de trabalho”, alertou Marcos Vieira.

De acordo com o próximo Ministro dentro de 30 dias será definido uma carta de intenções com o setor para que se possa construir medidas que não afetem a arrecadação e sejam condizentes com o mercado. “Houve, em períodos recentes, concessões de benefícios que atualmente não podem ser mais concedidos, mas vamos chegar a um consenso pois o setor é muito importante para a economia nacional”, disse Guardia.

A fábrica da BMW está com sua produção ociosa e poderia gerar mais de 1,5 mil empregos, mas atualmente tem 600 funcionários.

Acompanhe Marcos Vieira


Marcos Vieira
Voltar