Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Whatsapp Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
16/09/2020 - 15h58min

Inovador, Escritório de Projetos prestas assistência técnica e jurídica a entidades

Imprimir Enviar
Deputada Paulinha
FOTO: Fábio Queiroz/Agência AL

Paulinha, Eliane, Pilar e Ana Paula. Que sonho uniu o destino dessas mulheres catarinenses? Com certeza, foi o sonhar juntas, a missão de empoderar e transformar  outras vidas,  todas movidas pela coragem que está na alma aguerrida da catarinense.

A ousadia e a inovação sempre moveu a deputada Paulinha (PDT), que ao conhecer a história de vida de Eliane Cristina Muller, de Corupá, não hesitou.

Colocou o seu Escritório de Projetos, formado por uma equipe técnica de profissionais para elaborar projetos, viabilizando ainda mais a missão de vida de Eliane, uma mulher que herdou no sangue o amor ao cultivo da terra. Para isto, entra em cena outra  mulher, a economista voluntária nessa luta,  Pilar Sabino.

Para entender esta história, um enredo tem que ser desenhado.

A paixão pelo cultivo da banana está no sangue de Eliane.

Neta de bananicultores, ela desenvolveu um projeto audacioso que concedeu em agosto de 2018 a certificação geográfica nacional  para Corupá, de banana mais doce do país. Só para entender, Corupá, no Vale do Itapocu, é considerada a Capital Catarinense da Banana. Tem  16 mil habitantes e cerca de 980 famílias da região vivem do cultivo da banana.

Há 16 anos na Associação dos Bananicultores de Corupá, Eliane conhece na pele toda a luta e drama desses produtores. 

Assim o projeto dos bananicultores de Corupá nasceu do sonho da Eliane. Doze pequenos produtores rurais estão organizados na forma de associação sem fins lucrativos, visando o crescimento econômico local, sustentabilidade ecológica, inclusão de mulheres no mercado do trabalho, redução de êxodo rural, entre outros.

Como Eliane explica, a associação, além do cultivo e venda de bananas in natura, produz subprodutos derivados, como geleias, doces. “E uma novidade, jóias e bolsas, feitas das fibras da banana”.

“O Escritório de Projetos da deputada Paulinha realiza trabalho no sentido de auxiliar essas associações sem fins lucrativos a elaborar projetos e ensiná-los como submeter esses projetos para busca de recursos a fundo perdido e de cooperação técnica em bancos internacionais, agências de fomento, fundos soberanos, editais do terceiro setor e leis de incentivo fiscal”, explica Pilar Sabino, que é voluntária e tem experiência na área de captação de recursos há mais de 20 anos .

“Eu faço esse trabalho de forma voluntária, justamente para ensinar essas pessoas a desenvolverem os projetos, mostrando onde os recursos estão e como eles podem ser acessados.”

Além dessa iniciativa, o Escritório de Projetos atende mais de 15  outras demandas em  todo o Estado. Ainda em Corupá, está presente no Corpo de Bombeiros Voluntários.

Mulheres macrameiras
E agora, em Bombinhas, um novo  desafio foi apresentado pelas mulheres macrameiras.

Como contou Ana Paula da Silva, idealizadora do projeto “Bombinhas revela sua moda artesanal”, o intuito principal é  apresentar o trabalho totalmente artesanal feito pelas mulheres da comunidade,  através de oficinas, onde é aplicado o treinamento da técnica utilizada, o macramê. “Além de ofertar as oficinas, proporcionamos a inserção da mulher no mercado de  trabalho”.

Com a Trammô, a marca de produtos artesanais destinados a vestuário, calçados e acessórios em geral, Bombinhas ganhou o mercado nacional e internacional. “Nossos produtos hoje circulam por todo o mercado brasileiro, onde trabalhamos com as mais importantes marcas da moda nacional e internacional, como Singapura, Califórnia, Nova Iorque, entre outros”, informou.

Pensando nisso está sendo organizado um evento beneficente com o lançamento da linha Resort da Trammô. “Com a venda dessa linha resort a Trammô pretende reverter o recurso alcançado para outros futuros projetos da marca”.

Fala ainda que busca sempre apoiar e promover a mão de obra feminina, acreditando no empoderamento da mulher e almejando o pleno desenvolvimento e benefício para a cidade, gerando renda, aprendizado e valorização.

Empolgada, a deputada Paulinha colocou o seu Escritório de Projetos para viabilizar voos maiores para estas mulheres. “São os sonhos que movem as realizações”, disse ela.

 

Valquiria Guimarães

Assessoria de Comunicação

Deputada Paulinha

048991047676

Acompanhe Paulinha


Paulinha
Voltar