Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
09:00 Reunião de Comissão
Ao vivo

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
08/02/2019 - 16h40min

Hercílio Luz: Impacto financeiro da ponte supera os R$ 765 milhões

Imprimir Enviar
Deputado Jair Miotto acredita que a sociedade precisa de respostas sobre as obras da ponte

Deputado Jair Miotto foi um dos primeiros a assinar documento que solicita informações sobre a obra

Foi protocolado na tarde de quarta-feira, dia 6 de fevereiro, o pedido para abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que tem como objetivo apurar possíveis irregularidades nas obras da Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis. O deputado Jair Miotto (PSC) foi um dos primeiros parlamentares a assinar o documento para a instalação da CPI. “Posicionei-me a respeito ainda em dezembro. São anos de obras, milhões de reais aplicados e até então a obra não foi concluída. Nosso papel é fiscalizar, a sociedade pede respostas”, salienta Miotto.
A ponte Hercílio Luz foi totalmente interditada em 1991. Desde então, pelo menos 18 contratos foram firmados pelo governo do Estado tendo como objeto a ponte. O impacto financeiro, de acordo com o Ministério Público de Contas, ultrapassa R$ 563 milhões. Com correção financeira e novos aditivos, o valor supera R$ 765 milhões.
Se o pedido para abertura da CPI for aceito, o presidente da Assembleia Legislativa irá fixar o prazo de até duas sessões para as bancadas e blocos indicarem os membros da comissão, respeitada a proporcionalidade partidária. A partir daí, a CPI tem o prazo de 120 dias, prorrogáveis por mais 120 dias, para apresentar o resultado da investigação. “A ponte deveria representar um símbolo da história da Capital, mas infelizmente tronou-se uma representação da ineficiência com os recursos públicos”, lamenta o deputado Miotto.

 

Assessoria deputado Jair Miotto

Acompanhe Jair Miotto


Jair Miotto
Voltar