Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ouvir
12:40 Programação Musical

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
22/11/2017 - 14h28min

Fim de barreiras tecnológicas para pessoas com deficiência visual avança na Alesc

Imprimir Enviar

Em reunião na tarde desta quarta-feira (22), a Comissão Direitos Humanos aprovou por unanimidade o Projeto de Lei PL nº 470/15, de autoria do deputado Cesar Valduga (PCdoB), que dispõe sobre a eliminação de barreiras tecnológicas nos serviços prestados por equipamentos de auto-atendimento.
O deputado Valduga comemorou o avanço do projeto.

“É uma iniciativa construída junto com as pessoas catarinenses com deficiência visual, e a aprovação por unanimidade nesta comissão é sinal de que os parlamentares são sensíveis ao tema”, explicou.

A iniciativa é fruto da demanda apresentada ao deputado Valduga pelo advogado itajaiense e vereador, Marcelo Werner, e propõe que os serviços prestados por equipamento de auto-atendimento que dificultam ou impeçam o acesso da pessoa com deficiência visual serão adaptados com informações em áudio (software de voz), teclas em braile e aumento nas proteções laterais.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), já em 2010, Santa Catarina contava com quase um milhão de pessoas com deficiência visual, sendo 14.727 pessoas que não enxergam de modo algum e 174.550 com grande dificuldade de enxergar.

O projeto segue para apreciação na Comissão dos Direitos da Pessoa com Deficiência, última instância antes de ser apresentada em plenário.

FOTO: Valduga, autor da proposta de fim das barreiras tecnológicas – Solon Soares/Agência Alesc

Acompanhe César Valduga


César Valduga
Voltar