Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Whatsapp Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ao vivo

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
10/11/2020 - 14h03min

Estiagem em SC: “O auxílio tem que ser pra ontem e direto ao agricultor”

Imprimir Enviar
Deputada Luciane Carminatti

“Na prática, os agricultores não sabem onde procurar ajuda, estão em uma situação de total abandono”, destacou a deputada Luciane Carminatti (PT) durante reunião da Bancada do Oeste com a governadora Daniela Reinehr e membros das secretarias estaduais de Agricultura e Desenvolvimento, além da Defesa Civil, Epagri e Instituto do Meio Ambiente, nesta terça-feira (10).

A parlamentar cobrou do governo medidas concretas. “O presidente da República esteve em Chapecó na última semana, e o que vai oferecer efetivamente para socorro à estiagem?”. Luciane solicitou ainda que a Bancada do Oeste em conjunto com o governo de Santa Catarina emita um documento a Brasília pela inclusão dos agricultores de subsistência no pagamento do auxílio-emergencial, de forma retroativa, uma vez que estão entre as únicas categorias de trabalhadores não contemplados até agora.

Em relação aos recursos estaduais, Luciane enfatizou que o total de R$ 24,5 milhões destinados ao enfrentamento da estiagem deve chegar o mais rápido possível a quem precisa. “O que estamos vivendo é gravíssimo, o auxílio tem que ser pra ontem e direto pro agricultor, que está no desespero, já falando em vender tudo e ir pra cidade. Ele precisa saber em que porta vai bater e encontrar ajuda”, enfatizou.

Luciane lembrou ainda dos caminhões perfuratrizes, disponíveis no estado há alguns anos mas que muitos prefeitos não sabem se podem contar. De acordo com o secretário estadual de Agricultura, os veículos estão sob a administração de três associações de municípios, uma delas em Chapecó.

Por fim, a parlamentar cobrou ações de médio e longo prazo, ao destacar que o debate climático não pode ser ideológico, faz-se necessário, urgente, e requer responsabilidade.

42% dos municípios de SC estão em situação de emergência
De acordo com a Defesa Civil, a estiagem é o segundo fenômeno climático mais recorrente em Santa Catarina, logo após as enxurradas. Atualmente, o órgão estima que 123 dos 295 municípios já tenham declarado situação de emergência. Destes, cerca de 36 ainda aguardam a homologação para ter acesso aos recursos e políticas públicas de enfrentamento.

Nos últimos dias, o governo estadual montou um comitê de crise, coordenado pelo secretário estadual de Agricultura, Ricardo Gouveia, que envolve ainda a Defesa Civil, a Epagri/Ciram e o Instituto do Meio Ambiente.

A Assembleia Legislativa de Santa Catarina destinou R$ 15 milhões para ações emergenciais de enfrentamento à estiagem.

Nesta terça-feira (10), o Conselho de Desenvolvimento Rural deve deliberar sobre sua aplicação em socorro aos agricultores.

 


ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO - DEPUTADA LUCIANE CARMINATTI
Contato: (47) 99722-2019 / (48) 3221-2662
imprensa@lucianecarminatti.com.br

 

Acompanhe Luciane Carminatti


Luciane Carminatti
Voltar