Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
22:30
Ouvir
22:00 Esporte na Rede

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
07/03/2017 - 18h00min

Dresch destaca mobilizações do Dia Internacional da Mulher

Imprimir Enviar
Deputado Dirceu Dresch
FOTO: Solon Soares/Agência AL

"É um momento de  reflexão, de as mulheres irem às ruas defender os direitos conquistados, de a sociedade se unir pelo combate a violência"

O líder do PT na Assembleia Legislativa, deputado Dirceu Dresch, participa nesta quarta-feira, 8 de março, de atos que marcam a passagem do Dia Internacional da Mulher na região Oeste, em Chapecó e São Miguel do Oeste.  Na tribuna do Legislativo, ele afirmou que a data, muito mais que uma homenagem,  é um momento de   reflexão, de as mulheres irem às ruas defender os direitos conquistados e de a sociedade se unir pelo  combate a todo e qualquer tipo de discriminação e de violência contra a mulher.

"A equidade de direitos, a igualdade  salarial entre homens e mulheres, o  combate à violência e o direito à liberdade plena  são lutas que a sociedade não pode deixar de perseguir porque a desigualdade, o preconceito e a agressão existem nas estatísticas e na vida real da mulheres",  disse.

Dresch também atacou as propostas do governo Temer que visam alterar as leis trabalhistas e previdenciárias. "A PEC 287 acaba com a regra que permite que mulheres se aposentem  cinco anos mais cedo do que os homens. Temer e seus aliados fecham os olhos para as desigualdades no mundo do trabalho e o fato de as mulheres terem dupla ou tripla jornada devido aos afazeres domésticos e cuidado com os filhos.  Para as mulheres agricultoras, camponesas, a agressão é ainda maior, já que tira delas a condição de seguradas especiais da previdência social. Uma conquista de décadas que garantiu dignidade no meio rural brasileiro."

Contra violência
O deputado também destacou o aumento dos casos de violência contra a mulher e cobrou do Estado mais estrutura de atendimento especializado às vítimas e políticas de enfrentamento a violência doméstica.  "Em  2016, 46 mulheres foram assassinadas por  parceiros ou parentes; outras 1.318 foram estupradas. São dados alarmantes que precisam de resposta imediata".

Para o deputado é preciso combater a cultura patriarcal. "O respeito às mulheres precisa começar dentro de cada casa, dentro de cada instituição, dentro de cada  partido político.  Trabalhar com nossas crianças e jovens, entender que por trás daquela piadinha inocente, há a construção de estereótipos que inferiorizam e subjugam a figura da mulher."

Assessoria de Imprensa
Deputado Dirceu Dresch - PT/SC
(48) 99944 0190

Acompanhe Dirceu Dresch


Dirceu Dresch
Voltar