Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Ouvir
00:05 Programação Musical

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
14/11/2017 - 16h58min

Dresch afirma que ocorreu um “tratoraço” do governo na Alesc para aprovação do PL 350

Imprimir Enviar
Deputado Dirceu Dresch
FOTO: Miriam Zomer/Agência AL

O deputado Dirceu Dresch (PT) disse hoje (14), na tribuna da Assembleia Legislativa, que a Bancada do Partido dos Trabalhadores não concorda com o Projeto de Lei (PL 350/2017), que estabelece o teto de gastos públicos, congela gastos e investimentos do governo catarinense. A Bancada chegou a apresentar uma emenda para retirar a saúde, a educação e a segurança pública do PL, mas a mesma não foi aceita no Plenário. “Pretendíamos fazer um amplo debate da matéria nas comissões de mérito, mas estrategicamente não permitiram a sua tramitação normal, nem que promovêssemos audiências públicas para o amplo debate com a sociedade”, reclamou.

Segundo o deputado, ocorreu um verdadeiro “tratoraço” na Alesc por parte do governo, uma vez que o PL 350 mexe profundamente com a vida dos catarinenses. “O Estado de Santa Catarina ficará engessado, proibido de investir na melhora do serviço público, mesmo com aumento da arrecadação.  O salário dos servidores ficará dois anos sem ganho real e os planos de cargos e salários serão congelados.   O parlamento tem que estar aberto à participação da sociedade. Não permitir o debate é proibir o processo democrático”, disse Dresch.

 



Assessoria Coletiva | Bancada do PT na Alesc | 48 3221 2824  bancadaptsc@gmail.com
Twitter: @PTnoparlamento | Facebook: PT no Parlamento

Acompanhe Dirceu Dresch


Dirceu Dresch
Voltar