Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina Agência AL

Facebook Flickr Twitter Youtube Instagram

Pesquisar

+ Filtros de busca

 
Assistir
01:30 Sessão Ordinária
Ao vivo

Revista Digital

Cadastro

Mantenha-se informado. Faça aqui o seu cadastro.

Whatsapp

Cadastre-se para receber notícias da Assembleia Legislativa no seu celular.

Filtrar por deputado / bancada
Aumentar Fonte / Diminuir Fonte
19/02/2016 - 16h36min

Condições climáticas são tema de audiência na Assembleia Legislativa

Imprimir Enviar
Deputado Patrício Destro
FOTO: Eduardo G. de Oliveira/Agência AL

Acontece nesta terça-feira, 23, a partir das 10 horas, uma audiência pública que irá discutir a Valorização da Meteorologia em Santa Catarina. A audiência é fruto de uma solicitação de técnicos da área de proteção e defesa civil. Os profissionais da área participaram ainda em 2015 do Workshop sobre o El Niño e lá fizeram o pedido.

Para debater essas necessidades, o presidente da Comissão de Proteção Civil da Assembleia, deputado Patrício Destro (PSB), ouviu os profissionais e é um dos organizadores da audiência. “Sabemos da importância que a meteorologia tem para prever catástrofes, e por isso precisamos dar condições para reunir o máximo de dados metereológicos. Assim realizaremos a audiência, onde iremos elencar estas solicitações e trabalhar para que sejamos ouvidos”, disse o deputado Patrício Destro.

O professor Dr. Reinaldo Haas, do Centro de Ciências Físicas e Matemáticas (CFM) da UFSC, alerta para a importância de discutir os efeitos climáticos no estado, afim de prever ações e evitar catástrofes. “Santa Catarina devido a sua posição geográfica e relevo, historicamente, tem sentido os impactos de eventos severos de tempo e clima. São grandes secas e inundações, furacões, nevascas, tornados e escorregamentos, que impactam sobre a economia e a vida de todos os catarinenses”, disse.

Para o professor, Santa Catarina tem um dos mais prestigiados serviços de previsão de tempo e clima, o Ciram/Epagri. “Porém desde 2008 tem se verificado uma contínua diminuição nas condições de trabalho, que se refletem na diminuição do número de meteorologias, na falta de treinamento contínuo e dificuldades na captação de recursos da iniciativa privada, as quais foram importantes na criação do Climerh e na sua posterior transformação em Ciram”, argumentou. 

A audiência será realizada na terça-feira, 23, a partir das 10 horas na Assembleia Legislativa. Inicialmente esta audiência pretende iniciar uma discussão com os principais envolvidos nesta questão (Epagri/Ciram, UFSC e IFSC ,Secretaria de Defesa Civil, e TractebelEnergia, representando a iniciativa privada). Também participa do evento contribuindo com conhecimento representantes da Simepar, do Paraná. A pergunta que se deseja ser respondida é qual é a melhor estratégia para valorizar a meteorologia em SC e como esta valorização pode ser incorporada em um arcabouço legal do Estado de SC.

Serviço:
Quando: Terça-feira, 23 de fevereiro
Que horas: 10 horas
Onde: Assembleia Legislativa de Santa Catarina

 

 

Alessandro Machado
Assessoria Deputado Patrício Destro (PSB)
Celular/whatsapp: (47) 9645.8317

Acompanhe Patrício Destro


Patrício Destro
Voltar